Relações Públicas na Globo – por @bru_maturana e @thastetner

“CALA BOCA GALVAO” por Galvão
16 de junho de 2010
Quando o sistema Conferp funciona!
22 de junho de 2010

Relações Públicas na Globo – por @bru_maturana e @thastetner

Este é o primeiro post de duas leitoras do Blog o/ – Como disse, o relações está em constante mudança, logo….

A @bru_maturana é uma amiga de tempos, que tbm resolveu seguir a carreira de Relações Públicas. Pelo twitter acompanhei as manifestações sobre o Giannechini que virou Relações Públicas na “Passione“, e logo pedi para ela e para a @thastetner escreverem sobre o assunto! Elas toparam e suas opiniões, respectivamente, seguem abaixo!

Agora há pouco estava jantando com a TV ligada na novela Passione, da Rede Globo, quando ouvi uma palavrinha que me chamou a atenção:  “Relações Públicas”! Imediatamente passei a assistir a cena, e descobri que o personagem interpretado pelo Reynaldo Gianecchini, Fred, acaba de assumir a função de Relações Públicas na empresa do personagem de Mauro (Rodrigo Lombardi).

Achei o máximo, até comentei com quem estava comigo: “Olha, minha profissão está na novela, que importante!”. Mas minha alegria durou pouco. Na cena seguinte,  Fred explicava que entrou na empresa porque queria futuramente controlar as ações do instituição… e quando questionado sobre o porque da escolha do cargo de Relações Públicas, ele disse: “Ah, qualquer cargo serve!”. Minha alegria se desfez.

Eu não acompanho a novela, mas fiquei agora na reflexão. Ao mesmo tempo que é muito bacana ver nossa profissão ganhando espaço e aparecendo na novela com maior audiência da Rede Globo, me preocupa a imagem que será passada sobre nossa atuação e importância para as empresas e sociedade, já que somos uma profissão relativamente pouco conhecida pelas pessoas.

Olha só que ironia: Estou preocupada com a imagem que o Relações Públicas feito pelo Reinaldo Gianecchini passará. Se for boa, já sabemos que ele é mesmo um bom RP!

Bruna Maturana é paulistana e Relações Públicas formada pela FECAP em 2009. Já atuou na área de marketing de varejo e eventos. Atualmente trabalha com assessoria de imprensa. Contato: bruna.maturana@hotmail.com


Essa noite, durante um breve momento com meus pais na sala, assisti a um pedaço da novela Passione, da Rede Globo. Na cena o Fred, personagem de Gianecchini, conversa com Saulo, e solicita a ele um cargo na empresa de sua família. Saulo o elogia dizendo que é um homem “bem apessoado”, saber falar bem, é bastante articulado, e por isso então deveria ser o Relações Públicas da organização.

Nesse momento foi difícil conter minha indignação e passei a prestar mais atenção para poder ter certeza do que eu estava vendo e ouvindo. No desenrolar da história ele se afirma como Relações Públicas e ainda diz à irmã de Saulo que ela, com seus contatos, poderia ajudá-lo e assim ele conseguiria dar conta da função rapidamente.

As perguntas que automaticamente me vêm à cabeça são: o que a Globo pretende com isso? Onde está o Conrerp nessas horas? Quais serão as consequências disso? O que as pessoas que me conhecem pensarão da minha profissão? Uma amiga ainda disse: “o importante é que o nome foi citado”. Não me importa que as pessoas saibam que nós existimos, me importa que elas saibam quem nós somos e o que fazemos. A Globo não fez nada além de nos ajudar a deturpar ainda mais o que as pessoas já não sabem sobre nós. É como eu sempre digo, os RPs não conseguiram até hoje fazer um trabalho de RP pra a própria profissão.

Thais Stetner, 23 anos, formada em Relações Públicas pela UMESP, twitteira de plantão, apaixonada por moda, pelo terceiro setor e por todas as conexões da comunicação com os mais diferentes universos.

A discussão está aberta! E você o que acha disto tudo?

Obrigado pela participação de todos. Deixei minha opinião nos comentários! – Pedro Prochno
Relações Públicas na Globo – por @bru_maturana e @thastetner

Comentários

186