Segmentação das redes sociais

Programa diferente? Que tal escalada!
8 de outubro de 2010
O “fazer acontecer” do Chile, e o que temos para aprender
14 de outubro de 2010

Segmentação das redes sociais

Facebook e Orkut são as redes sociais mais ecléticas que existem hoje. Qualquer um pode fazer parte delas. Existem porém outras redes sociais mais específicas, voltadas para pessoas com um interesse em comum, são as chamadas “Redes Sociais de nicho”, e que vem ganhando cada vez mais espaço na web.

Lentamente novos nichos e interesses vão criando suas comunidades virtuais, não apenas em redes existentes, mas desenvolvendo plataformas completamente novas, customizadas para eles e que proporcionam particularidades específicas.

Algumas destas redes são a Pioneer DJ Network e a SoundCloud (voltadas para músicos e DJs), byMK (mercado da moda), Drimio (para comunicadores e amantes de marcas), entre muitas outras.

Vejo nesta outra “forma de se relacionar” um grande mercado, não só para os desenvolvedores, mas como também para as empresas e principalmente Relações Públicas. Com elas as organizações contam com mais uma plataforma para se relacionar, comunicar, fidelizar e engajar seus consumidores, além de contar com vasto banco de dados para extrair informações capazes de auxiliar na inovação de seus produtos e serviços.

Ir com muita sede ao pote pode ser prejudicial para a organização. Sempre vi com maus olhos aquelas que adentram as redes sociais para fazer propaganda de seus serviços/produtos. Acho que existe local próprio para isto. As redes sociais servem para interação, troca de experiências, troca de informações sobre o produto. Eu não entro em uma rede social procurando anúncios, e é aí que muitas redes e marcas, pecam.

Estas redes abrem, assim como qualquer outra, mais uma “via” de comunicação entre a organização e seus públicos, o que pode ser explorado e usado de forma positiva ou negativa. Aprender a usar estas plataformas é fundamental para se tirar o melhor do que elas tem a oferecer. Segmentação e comunidades cada vez mais específicas é uma tendência e, quem sabe, venha para amenizar um pouco a superficialidade gerada pela internet. Se você conhece mais Redes Sociais de Nicho, deixe um comentário para acrescentarmos na listinha!

ps: depois de escrever este post ainda descobri o WebFut (pra quem gosta de futebol).

Pedro Prochno
Pedro Prochno
Sou fã das Relações Públicas*! Graduado em RP e com um MBA pela FGV, sou empreendedor na área e gerente de comunicação da Uber. Sou Pai do “relações”, Mergulhador, DJ e mto curioso! Adoro viajar, conhecer novas culturas, pessoas e formas de se ver o mundo!
Acompanhe:
Segmentação das redes sociais

Comentários

648