Wishes that came true!

U2 360° 2011
3 de dezembro de 2010
Vd. Jacareí e sua gastronomia
10 de dezembro de 2010

Wishes that came true!

Qual é o seu sonho?

Todos nós já escutamos esta frase em algum momento da vida. Seja no filme do Aladdin, ou em qualquer outro desenho em que aparece um gênio da lâmpada e faz esta pergunta para quem a esfregou! Difícil é respondê-la, não é mesmo?

Com certeza já passamos muito tempo sonhando acordado, imaginando quais seriam nossos três desejos, ou, pelo menos, qual seria “O desejo” que mais queremos realizado. Muitos destes sonhos ou desejos, as vezes, são bem simples, podem se concretizar sem muita dificuldade, principalmente quando encontramos pessoas dedicadas a ajudar.

Jon Stettner é o presidente mundial da ONG Make-a-Wish, fundada em 1980 e cuja missão é “realizar os desejos de crianças com enfermidades graves, enriquecendo suas vidas com esperança, força e alegria.”. Presente em 37 países incluindo o Brasil, a organização conta com mais de 30.000 voluntários espalhados pelo mundo que ajudam a identificar, captar e concretizar os sonhos de crianças entre 3 e 17 anos com enfermidades que podem colocar suas vidas em risco.

Em 2009 a Make-a-Wish ajudou 20.000 crianças em todo o mundo a realizarem seus sonhos. Stettner explica em entrevista concedida às páginas amarelas da Veja (aqui) que o objetivo central da ONG é desviar o foco, das crianças e de seus pais, da doença, dando à eles mais esperança e força para enfrentar o tratamento. Isto é classificado por eles como o tratamento da saúde da mente.

Não existem ainda estudos científicos que comprovem que a realização de um “desejo” ajude no tratamento das crianças, explica Stettner, mas é notória a vontade de continuar o tratamento, o ânimo para tal e a vontade e positividade em cada nova etapa cumprida. A ONG planeja iniciar um estudo para traçar a interação entre a realização de desejos e a melhoria da saúde. Sabe-se, porém, que pensamento positivo ajuda e muito, segundo os médicos, o trabalho da ONG ajuda as crianças a renovar o interesse pela vida!

Dentre os pedidos mais recebidos por eles, está o de viajar à Disney. Aparecem também pedidos para ir ao espaço, conhecer algum famoso, ou simplesmente ganhar uma bicicleta. Para todos os voluntários dedicam-se em realizá-los. No caso da viagem ao espaço, uma parceria com a NASA possibilita às crianças voarem em um simulador de gravidade zero. O presidente da ONG diz que o mais complicado, sempre, é fazer as viagens ou saídas necessárias de forma a não oferecerem riscos para a criança ou sua saúde, o que depende das autorizações médicas.

O poder de um sonho - A lista de sonhos de Ahmed: i) um par de luvas de Boxe ii) 3 rounds com o Mike Tyson

O poder de um sonho - A lista de sonhos de Ahmed: i) um par de luvas de Boxe ii) 3 rounds com o Mike Tyson

O cuidado com o trato com as crianças é tamanho que elas não são tratadas como doentes terminais, detentores de doenças cuja cura é muito difícil ou qualquer outra coisa, elas são classificadas como crianças que tem uma doença que PODE colocar a sua vida em RISCO.

A entrevista de Jon Stettner às páginas amarelas de Veja (baixe aquié inspiradora e provocativa. Nos faz refletir sobre como coisas simples, e que fazemos ou já fizemos em nossas vidas, podem significar tanto para crianças. Nela são abordados inclusive aspectos sobre gestão de ONGs e remuneração de seus executivos, que podem onerar seriamente a instituição. Vale a pena ler as três páginas e refletir sobre como ajudar. No site brasileiro da ONG é possível encontrar outras histórias inspiradoras e saber como ajudar a instituição.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=jTMxYGZk1H8]

Pedro Prochno
Pedro Prochno
Sou fã das Relações Públicas*! Graduado em RP e com um MBA pela FGV, sou Pai do “relações”, Mergulhador, DJ e mto curioso! Adoro viajar, conhecer novas culturas, pessoas e formas de se ver o mundo!
Acompanhe:
Wishes that came true!

Comentários

895