As três grandes dúvidas dos estudantes de Relações Públicas

Afinal de contas, crises corporativas podem ou não ser evitadas?
29 de junho de 2011
RPs e o empreendedorismo no Brasil
4 de julho de 2011

As três grandes dúvidas dos estudantes de Relações Públicas

Quando chega a época dos vestibulares, costumo acompanhar os pré-vestibulandos nas redes sociais – somente por curiosidade. E a maioria deles tem a grande dúvida: o que realmente é Relações Públicas?

Tenho certeza que não são somente os pré-vestibulandos que têm essa dúvida, mas os estudantes que acabaram de entrar no curso, também – e muita gente ligada à área por aí.

Há um tempo, perguntei no Twitter:

─ Alguém pode definir Relações Públicas em 140 caracteres?

E olhem o que recebi de resposta:

Selecionei cinco respostas; uma totalmente diferente da outra – e que, ao mesmo tempo, se completam. É muito “complexo” para um iniciante ou até para as pessoas externas à nossa profissão entenderem que fazemos tanta coisa.

Depois que tudo está claro, isto é, sabe-se o que é Relações Públicas, entra no que chamo de crise de escolha.

Como vimos acima, a descrição da profissão de Relações Públicas é ampla. Muitos dizem que o RP faz de tudo um pouco. Mas como saber com que quero trabalhar?

Muitas opções, certo?

Estes dias, um publicitário me perguntou:

Belle, na publicidade nós usamos o marketing como “ferramenta”. E vocês, relações públicas, o que utilizam e por que fazem tantas coisas?

Respondi que RP tem como ferramenta o “relacionamento”; por esse motivo, fazemos tantas coisas. Acredito que os estudantes tenham que ter isso em mente quando forem escolher qual o caminho traçar em Relações Públicas. O nosso foco é relacionamento, e você pode gostar do público interno, externo, ramo corporativo, mas tudo deve ser bem analisado. Vejo muitos estudantes arrependidos ou que demoram a entender a essência da profissão, exatamente por não fazerem essa análise.

E a pergunta final o George fez no Twitter estes dias:

É, muitos (Georges) estão no último ano ou até se formaram, mas não estão na área ou nem trabalhando. Nesse contexto, no congresso da Abrapcorp de 2010 eu estava conversando com os alunos da UNESP e questionei:

Hoje a Metodista tem aproximadamente 560 alunos de RP, e a UNESP aproximadamente 120 alunos. Somente duas universidades com quase 700 alunos. Quantos são os que se formam e trabalham com Relações Públicas?

É realmente bem complexa essa última pergunta – ou a resposta para ela. E, como eu ainda sou estudante, gostaria da ajuda de vocês para respondê-la – também com a opinião dos estudantes nessas três fases: dúvidas, perguntas e verdades.

Conto com vocês! =)

*Com revisão de Dr. Conteúdo.
Belle Silva
Belle Silva
Consultora de Planejamento Digital; fundadora e editora do blog A Bordo da Comunicação. Monitora de sala na ESPM nos cursos de Redes Sociais e Inovação Digital e Planejamento Digital. Co-organizadora da Arena Virtual na Feira do Empreendedor Recife 2010 e 2012, e também da versão Arena Digital Pocket em 2011. Escreve sobre Inovação e tecnologia no blog Relações e também é Head of Strategy & Business Development da Blending Visions.
Acompanhe:
As três grandes dúvidas dos estudantes de Relações Públicas

Comentários

2052