Você se sente confortável e confiante ao falar em público?

Comunicação e comida: combinam?
25 de agosto de 2011
Terceiro Setor – Missão: mobilizar!
29 de agosto de 2011

Você se sente confortável e confiante ao falar em público?

Não precisa ser necessariamente uma apresentação para uma grande plateia, pode ser em uma sala de aula, um auditório, uma entrevista de emprego ou até mesmo uma simples reunião. Se você se sente desconfortável em algumas dessas situações não se preocupe, você faz parte dos 56% da população que tem medo de falar em público.

E também não poderia ser diferente para muitos apresentadores, mestre de cerimonias, relações públicas, jornalistas, e profissionais de várias áreas que lidam com esta exposição diariamente. A preparação, neste caso, é fundamental para que possamos desempenhar bem e seguramente as funções que escolhemos.

O medo é um mecanismo de defesa. Quando sentimos medo, aumentamos a adrenalina e por consequência enrijecemos os músculos, começamos a soar com mais intensidade, o coração acelera e nesse ritmo podemos chegar a desmaiar, gaguejar ou simplesmente travar em situações de exposição como aconteceu com o garoto no vídeo que voltou a ser febre na web na última semana:

http://youtu.be/FfZ8yVcnLPs

O vídeo foi gravado durante uma homenagem do talk show americano Jimmy Kimmel Live a atriz e comediante Roseanne Barr. O garoto rapidamente virou símbolo da fobia de falar em público. No youtube já é possível encontrar diversos vídeos parodiando o acontecimento.

Manter uma boa imagem e credibilidade durante um pronunciamento (seja em ambientes de negócios ou cerimonial) exigem estratégias no antes, durante e depois do evento.

Algumas delas:

  • Conhecer o público e o ambiente no qual você será “exposto”
  • Antes de iniciar seus trabalhos, RELAXE e mentalize o objetivo e o sucesso de sua apresentação;
  • Vícios de linguagem? Gírias? “Tipo assim”, “nem pensar né mew!?”
  • Evite usar muitos gestos durante a fala, mas também tome cuidado para não se comportar como um robô!
  • Os sinais do corpo falam mais do que imaginamos (8% da comunicação está naquilo que a pessoa diz, 38% no tom de voz e 54% no comportamento).
  • Para ter confiança você precisa ter certeza do que irá falar, leia e releia seu discurso/ apresentação.
  • Problemas com a dicção? Treine antes, existem diversos exercícios, os dois que acho mais interessantes: 1) Coloque um lápis ou caneta entre os dentes e com ele travado entre seus lábios, leia um breve texto, tente novamente sem o lápis e note como melhora a pronúncia. 2) Ler alguns trava-línguas também melhora articulação durante a leitura das palavras.
  • Busque o feedback constante dos receptores, seja durante uma reunião ou cerimonial, você pode mudar a entonação, acelerar ou mudar o ritmo de sua fala.

Se desafie! Tente identificar seus pontos de dificuldade durante uma apresentação e tenha ATITUDE para corrigir os erros. Hoje, além de bons profissionais de fonoaudiologia, existem cursos excelentes que ajudam a perder o medo da falar em público.

O essencial dentre todas as dicas é manter a naturalidade, postura e confiança. Nós comunicadores temos o dever de nos preparar para qualquer tipo de apresentação profissional, para isso, planejamento e estratégias são indispensáveis para que tenhamos o sucesso desejado.

Recomendo:

Livros – O Corpo Fala – Patricia Foster | livros de Reinaldo Polito.
Filme – O discurso do Rei

Fontes: youtube | wikipedia | www.clubedafala.com.br

Redação TMPRP
Redação TMPRP
Acompanhe:
Você se sente confortável e confiante ao falar em público?

Comentários

2406