Steven Tyler no Super Bowl – Gafe na execução do Hino Nacional

Livro Carol Terra Midias Sociais e Agora
Tem livro novo por aí – Mídias sociais…e agora? Tudo o que você precisa saber para implementar um projeto de mídias sociais
7 de fevereiro de 2012
Para obter comunicação de resultado
14 de fevereiro de 2012

Steven Tyler no Super Bowl – Gafe na execução do Hino Nacional

O Super Bowl (campeonato de futebol americano) é o maior evento e também o de maior audiência televisiva dos Estados Unidos. Este ano, segundo dados que revelam a proporção do evento, na final do campeonato cerca de 111,3 milhões de pessoas assistiram o jogo, gerando 12,2 milhões de comentários em redes sociais, um aumento impressionante de 578% em relação ao ano passado. Segundo dizem as pesquisas, é o 2º evento no qual há maior consumo de comida e bebida nos EUA, perdendo somente para o Dia de Ação de Graças.

Como tradição, tanto para abertura dos jogos, com a execução do Hino, quanto no intervalo com mega shows, são convidados grandes astros para alavancarem ainda mais a audiência. Entre os famosos, citamos de Tony Bennett, passando por New Kids On the Block, estourando com Michael Jackson, Rolling Stones e, neste ano, a presença de Madonna.

Mas onde entra a pauta de cerimonial no super bowl? Exatamente na tradição da abertura dos jogos. No mês passado, o vocalista do Aerosmith e jurado do programa “American Idol”, Steven Tyler, recebeu diversas críticas pelo modo especial que cantou o Hino Nacional americano no início do jogo entre o Baltimore Ravens com o New England Patriots, no dia 22 de janeiro, que valia uma vaga na final do campeonato de futebol, conhecida como Super Bowl. A “ousadia” típica de um show do Aerosmith não agradou muito e, já durante a transmissão ao vivo na televisão, era possível ouvir vaias e ver pessoas fazendo caretas para a performance:

http://youtu.be/hnXWv8pFkmI

Mas Tyler, em entrevista ao American Idol diz não entender todo o alarde. “Eu não sei. Como eu disse antes, eu coloquei ênfase em algumas passagens do hino, eu não estava mexendo com a tradição norte-americana”, Explicou. A repercussão ainda gera muita polêmica nas redes sociais, especialmente no twitter:

Gafes semelhantes já apareceram em outras edições do campeonato; “Christina Aguilera erra letra de hino americano durante show.”

Quantos astros da música vão precisar “assassinar” o Hino Nacional até que os organizadores de eventos públicos percebam que essa prática é arriscada e pode gerar péssimos resultados? No Brasil, é só lembrarmos da cantora Vanusa, que errou vários trechos do Hino Nacional quando foi convidada para cantá-lo na Assembléia Legislativa de SP e, depois de receber muitas críticas, culpou a labirintite pelo incidente. Outro caso também de imagem negativa, foi com o cantor sertanejo Luan Santana na abertura da São Paulo Indy 300.

O que a lei exige é que em qualquer caso deve ser garantido o “devido respeito”. Para conferir todas as regras referente à execução de hinos, canto, postura, palmas, bonés, atitude, uma dica de um site bem interessante é o patriotismo.org.br.

 

Fontes de pesquisa: youtube | Wikipédia | google

Site: Nohuddle

 

Steven Tyler no Super Bowl – Gafe na execução do Hino Nacional

Comentários

3352