RITOS DE PASSAGEM: Baile de Debutantes

Congresso debate os novos rumos da gestão de talentos
8 de março de 2012
Três dicas para escolher o cliente do TCC
12 de março de 2012

RITOS DE PASSAGEM: Baile de Debutantes

“É chegado o grande momento da festa em comemoração aos 15 anos da aniversariante. O rito de passagem, no qual a debutante entregará uma boneca em troca do anel que receberá das mãos de seus pais, e desta forma simbolizando a passagem da infância para a nova etapa na vida da debutante (…)”

Esta citação provém de um cerimonial no qual realizei recentemente. Como nunca havia feito cerimônia deste tipo, fui pesquisar e mesmo assim, faltava algo para que eu pudesse entender melhor o verdadeiro sentido de tudo aquilo. Afinal qual o verdadeiro valor dos ritos de passagem e por que são necessários em certas cerimônias?

Em pesquisa no wikipédia descobri que:

“(…) todas as sociedades primitivas, em determinados momentos na vida de seus membros eram marcados por cerimônias especiais, conhecidas como ritos de iniciação ou de passagem.”

Dessa forma os RITOS DE PASSAGEM estão mais presentes em nossas vidas do que podemos imaginar; Do inicio da socialização, ao termino da infância para a adolescência, no inicio do climatério das mulheres e demais passagens vitais da natureza humana, que se iniciam desde o nascimento e terminam com a morte.

Os ritos se diferenciam, também, por sua natureza simbólica e por se realizarem em ocasiões específicas, com formalismos e em períodos determinados. Um bom cerimonialista precisa saber o significado de tudo isso para conduzir bem uma cerimônia, seja ela de debutante, religiosa ou outras como formaturas, bodas e casamentos que trataremos na continuação desta série RITOS DE PASSAGEM.

O BAILE  DE DEBUTANTE

Abaixo um roteiro prático deste tipo de evento, o cerimonial de um baile de debutante consiste, basicamente em: Entrada da aniversariante, despedida da infância, primeira valsa, homenagens e encerramento. Para que tudo possa ocorrer dentro da normalidade deve ser conduzido por um profissional, claro, cerimonialista ou mestre de cerimonias.

1ª Parte: Recepção dos convidados – Momento importante, pois já mostra como será a organização da festa. Nesta etapa os convidados são conduzidos até a mesa e aguardam, ao som de música ambiente, o coquetel ou jantar serem servidos.

2º Parte: Apresentação e Desenvolvimento

  • Abertura realizada pelo cerimonialista;
  • Entrada dos familiares;
  • Entrada dos Príncipes de honra para apresentação;
  • Entrada das Damas de Honra;
  • Entrada da Debutante;
  • A debutante é recebida pelo seu Príncipe;
  • Entrega de uma jóia à debutante. (Pode ser um anel, um colar ou pulseira, geralmente entregue pelo pai ou avô);
  • Troca do sapato;
  • Troca da boneca (representando a infância que ficou para trás);
  • Retrospectiva da vida da debutante no telão;
  • Valsas (1ª com o pai da aniversariante, 2ª com avô, padrinho, irmão ou amigo, depende da escolha da debutante e 3ª com o Príncipe de gala, apagando as 15 velas);
  • Momento de cantar o Parabéns;
  • Partir o bolo;
  • Brinde com champanhe;
  • Discurso e homenagens.

3ª Parte: O baile – A formalidade já era, agora a única regra é se divertir! 😉

Se gostou do tema, não perca os próximos posts sobre os Ritos de Passagem! Espero que eu tenha conseguido explicar um pouco mais sobre este tipo de cerimônia, aguardo comentários, críticas ou sugestões.

Quer saber mais? Curta a minha página de mestre de cerimônias no facebook e fique por dentro- www.facebook.com/cerimonialFP

Fabio Polisel
Fabio Polisel
Relações Públicas pela Universidade Metodista e Pós-Graduado em Marketing pela FGV. Após um período de 5 anos na Gerência de Comunicação da Metodista, migrei para área pública em 2009. É na Prefeitura de São Bernardo do Campo onde continuo aprendendo sobre o universo público e em como implementar as relações públicas nesta área. Sou empreendedor na área de eventos e também vivencio as funções de cerimonialista e mestre de cerimônias.
Acompanhe:
RITOS DE PASSAGEM: Baile de Debutantes

Comentários

3571