Marketing político: O maior aliado de Barack Obama

Programe ou seja programado
26 de junho de 2012
Novo nicho para RPs, ou velha atribuição não desenvolvida?
29 de junho de 2012

Marketing político: O maior aliado de Barack Obama

Este post foi escrito por Adélia Caroline Félix. Participe você também do #Blogrelacoes, veja como aqui!

Há quatro anos, os profissionais de marketing, ou melhor, os profissionais de comunicação, acompanharam passo a passo a campanha eleitoral do atual presidente dos EUA, Barack Obama. Obama firmou suas bases ao aderir estratégias inovadoras e eficientes de marketing político em sua campanha presidencial. Ora, utilizando ações e ferramentas de comunicação desbravadoras, as quais atraíram olhares (e eleitores!), ora, através de uma retórica inconfundível, com discursos marcantes e decisivos. Aderiu às doações online, entrou para a era digital, investindo em seu site oficial e cadastrando-se em dezoito sites de relacionamento, de compartilhamento de vídeos e fotos e de publicação de notícias. Fora das mídias digitais, elaborou discursos flexíveis, baixou o tom da voz, abriu espaço para diálogo, mostrou-se humano e falou o que queria ser ouvido pelos eleitores americanos.

Esse ano, o cenário não está sendo diferente. Em ritmo de campanha, o presidente dos EUA declarou, na quarta-feira (9 de junho), que é favorável ao casamento de pessoas do mesmo sexo, afirmando ainda que é a favor de sua legalização. A declaração aconteceu durante uma entrevista à rede de televisão americana BBC, justamente no momento em que o assunto em questão vem sendo constantemente debatido no país. Aparentemente, a conduta do presidente e candidato democrata pareceu ariscada para um período eleitoral e por seu pioneirismo, uma vez que Obama é o primeiro presidente a declarar publicamente apoio ao casamento gay.

Todavia, sabe-se que, assim como todas as ações políticas de Obama, essa declaração teve como aliado um trabalho pensado e planejado de marketing político. As palavras foram muito bem pensadas e o risco planejado. Em pesquisa recente, o jornal The Washington Post sugere que a opinião dos americanos no tema está se modificando: em 2008 apenas 36% apoiavam a legalização do casamento entre gays, contra 52% na pesquisa este ano. Dessa forma, é possível afirmar que Obama tirou uma das cartas mais valiosas da manga, mudou de lado, mudou para o lado da maioria. Obama desencadeou mais um assunto polêmico para fomentar os debates eleitorais futuros e colocou-se um passo a frente dos adversários, já que seu principal concorrente, o pré-candidato Mitt Romney, preferiu conservar seu apoio ao matrimônio entre homens e mulheres, apenas.

Se isso surtirá efeitos positivos no futuro, só vivendo para ver. O fato é que uma boa percepção de marketing político aliado a uma comunicação proativa, capaz de planejar e projetar cenários são fundamentais na composição de uma campanha política. E isso, diante do que sempre foi mostrado, Obama já tem. O resultado: a campanha de Obama arrecadou US$ 1 milhão em apenas 90 minutos depois da declaração do presidente. Para consolidar ainda mais o assunto, a foto postada na página do Twitter não precisou nem mesmo de legenda.

 

Fonte: Portal R7 | Tradução: Todo e qualquer americano (gay, hétero, lésbica, bissexual e transgênero), todo e qualquer americano merece ser tratado de forma igual, pelos olhos da lei e da sociedade. Essa é uma proposta muito simples. Barack Obama.

 

Muitas águas ainda correrão. Mas aí serão as cenas dos próximos capítulos dessa novela que só está começando.

Fontes:

PORTAL R7. Obama tuíta imagem de apoio ao casamento gay. Disponível aqui. Acesso em 09/05/2012.

PORTAL TERRA. Obama arrecada US$ 1 mi em 90 minutos ao apoiar casamento gay. Disponível aqui. Acesso em 09/05/2012.

Adélia Caroline Félix, 22 anos, pós-graduanda em Gestão estratégica em Relações Públicas pela Faculdade Batista Brasileira (Salvador-BA). Formada em Relações Públicas pela Universidade Federal de Alagoas. Fascinada por marketing político e aprendiz das nuances da comunicação política. Lattes

 

Você também quer publicar um post no #Blogrelacoes? É fácil, visite a página “Você no #Blogrelacoes” e veja como!

Convidados RP
Convidados RP
Convidado Relações Públicas. Este post foi escrito por um convidado do #Blogrelacoes e as informações e opiniões aqui contidas não necessariamente condizem com as dos autores do Blog. Para saber mais sobre o autor do texto consulte o final do post.
Acompanhe:
Marketing político: O maior aliado de Barack Obama

Comentários

4634