Publicidade (criativa) no Facebook

Quando uma marca faz história
16 de agosto de 2012
III Jobmix – Mix de Atividades dos Cursos JOR/PP/RP
17 de agosto de 2012

Publicidade (criativa) no Facebook

Para quem não se lembra, já escrevi um post com o mesmo título, mas, no caso, era Twitter no final (relembre aqui). Resumo da ópera: era uma ação no Twitter da Smart usando tweets, como stop motion, para contar uma história. Pois bem! Ontem vi entre as postagens de amigos no Facebook (quase) a mesma coisa, mas adaptada para a rede de Mark Zuckerberg.

A ação dessa vez é com a Autobel Veículos que publicou uma sequência de fotos em um ábum e, com a seta da direita, as imagens produziam um “vídeo”. Veja na íntegra aqui.

Agora você me pergunta: “Mas se é (quase) a mesma coisa, por que mostrar aqui de novo?”

Eu te respondo 😉

– Não sei se a equipe de social media/publicidade/comunicação usou o case da Smart para desenvolver essa sequência. Em todo caso, também foi a primeira vez que a vi no Facebook e, por mais que seja simples a execução, até aquele momento, ninguém – marca/empresa – (que eu saiba) o fez! (mesmo tendo a referência argentina da marca de carros)

– No caso da Smart era a divulgação de um produto, um carro. Repararam que dessa vez é institucional? É um convite para irem até a loja!

– “Até a loja”? Sim, a Autobel é uma concessionária da Volkswagen. Não, não é uma ação da marca VW, mas sim de uma revendedora. Mais: uma concessionária de Mato Grosso do Sul! Cadê agora o pessoal do sudeste, pólo da criatividade e comunicação? É gente, o Brasil é grande e tem gente boa por aí criando e criando para negócios pequenos e locais. A ação da Smart era nacional e da própria empresa (!!!)

Ou seja, o que eu tiro de lição: grandes ideias não são apenas de grandes organizações e suas grandes agências! Hoje, tudo e todos estão em busca de seu lugar ao sol por meio de boas sacadas que fazem a diferença e mostram, às vezes na simplicidade, o título dessa coluna: “Por que não pensei nisso antes?”. Também me fez olhar mais para negócios locais, o quanto eles estão evoluindo sua comunicação e explorando as novas mídias, como as redes sociais, já que são baratas e têm a capacidade de forte impacto e viralização. É aquela velha (e sempre atual) máxima: local para se tornar global.

Só tenho a parabenizar a concessionária, que fez uma ação digna da própria Volkswagen, e que acredito que deva ter sido pioneira ao fazer um stop motion institucional e local no Facebook! PONTO!

Imagens: álbum “Você na Autobel” da Autobel Veículos no Facebook

Publicidade (criativa) no Facebook

Comentários

4965