Gerando buzz em “Public Affairs”

Empreendedor #FAIL
28 de novembro de 2012
Objetivo comum
Relações Públicas têm um objetivo comum
2 de dezembro de 2012

Gerando buzz em “Public Affairs”

Public Affairs é a palavra em inglês para o que, no Brasil, chamamos de “Assuntos Públicos” (Relações Governamentais). Basicamente PA é o trabalho desenvolvido para engajar e gerar sinergias entre grupos de interesse da sociedade civil e do poder público em prol de uma causa ou objetivo comum.

Public Affairs é muito semelhante ao trabalho de essência das relações-públicas, mas voltado ao governo, ou seja, para influenciar este e suas decisões. Para o desenvolvimento deste trabalho precisa-se de estratégias de Relações Governamentais, mobilização e estruturação de grassroots (conheça mais), financiamento de campanhas eleitorais, criação de grupos com objetivos comuns (associações), lobby e, claro, muito trabalho de comunicação.

É um assunto difícil de entender pra nós, brasileiros, pois estamos pouco acostumados (infelizmente) a tentar influenciar o governo, interagir com este, cobrar resultados efetivos, contactar nossos governantes (do Poder Executivo e do Poder Legislativo) e por aí vai. Em mercados maduros neste sentido, como os EUA ou a União Européia, é muito comum ver trabalhos neste sentido.

Bom, esses dias estava lendo um artigo gringo sugerido pela Carol Terra sobre a relevância de uma tuitada de um CEO e me deparei com a Beekeeper Group, uma agência que trabalha com desenvolvimento de buzz em Public Affairs.

O negócio é simples, eles desenvolvem trabalho para grupos, empresas ou instituições que querem influenciar ou chamar a atenção dos governantes para determinado ponto, usando principalmente o poder das redes sociais e mídias digitais; criando BUZZ. Tá ai aquilo que a gente vem procurando e falando faz algum tempo no Brasil: A Internet é uma ferramenta poderosa de engajamento e monitoramento de governos, porém precisamos entender que é FUNDAMENTAL fazermos, como cidadãos, este trabalho.

Não falo em  defender uma visão político-partidária, mas sim ir além disso! Precisamos acompanhar, monitorar, cobrar e movimentar a sociedade em prol de assuntos de interesse gerais, como educação, saúde e segurança, pressionando os governantes (prefeitos, vereadores, deputados, senadores, governadores e até a presidência), para que hajam sobre estes assuntos.

No vídeo abaixo a Beekeeper explica melhor como eles funcionam (em inglês).

Pedro Prochno
Pedro Prochno
Sou fã das Relações Públicas*! Graduado em RP e com um MBA pela FGV, sou empreendedor na área e gerente de comunicação da Uber. Sou Pai do “relações”, Mergulhador, DJ e mto curioso! Adoro viajar, conhecer novas culturas, pessoas e formas de se ver o mundo!
Acompanhe:
Gerando buzz em “Public Affairs”

Comentários

5039