Todo mundo ama rebranding?

[curso] Facebook do Planejamento ao Sucesso da Fan Page
3 de dezembro de 2012
Ação em mídias sociais é muito mais do que apenas anunciar nos blogs
6 de dezembro de 2012

Todo mundo ama rebranding?

Sou suspeita para falar sobre branding, eu sei.

Acho incrível o processo todo de criação de uma nova marca ou de rebranding, isso não quer dizer que todos os momentos são lindos, como tudo na vida, tem a parte legal e chata também.

Para o último post desse ano, que tal falar sobre rebranding? Mas, nada de falar sobre o processo, vamos rir um pouco, afinal, trabalhar com marcas é tentar equiibrar diferentes expectativas e quando digo isso, sim, estou falando de críticas.

Kraft e suas milhares de mudanças

Desde 2009, a Kraft inc (a marca corporativa) está tentando acertar quando o assunto é branding e como a identidade visual é a parte mais tangível das mudanças, a Kraft foi trocando seu logotipo, mas vamos lembrar, não é normal optar por trocar mais de 4 vezes o desenho da marca em 3 anos basicamente.

Enfim, em 2012, parece que eles voltaram as origens e o logotipo voltou a ser bem parecido com o que já conhecíamos, olha só:

Logo 1 – o mais antigo


Logo 2 – tentativa 1 (uso das cores do primeiro logo e o novo tagline: “make today delicious”)

Logo 3 – tentativa 2 ( mudança das cores, se é para mudar, mude sem medo), será?

Logo 4 – tentativa 3 ( de volta as origens, com uma leve modernizada nas cores e na forma. Completamente diferente do último logo)

A gente não sabe o que estava passando pela cabeça dos decisores dessa empresa, mas o que sabemos é que essa última mudança, feita recentemente, é consequência da divisão da empresa.

Agora a holding Kraft conta com a marca Kraft para América do Norte e Mondelez international (no Brasil temos a segunda marca). Vamos ver o que os mocinhos da Kraft  inc estão preparando para 2013, será que vem mais uma mudança de logo?

USA Today e a marca bola

Já falei aqui sobre a mudança de marca do USA Today, particularmente eu gostei, se você comparar a nova identidade visual do USA e colocar ao lado do New York Times, a diferença e a modernização são evidentes.

Mas um famoso apresentador americano discorda, para ele o novo logo não passa de uma bola e uma bola que fica mudando de cores, ok, ele tem o ponto dele, no final do dia se olharmos só o desenho pode ser isso mesmo.

Assistam o vídeo para ver como ele “acaba” com a mudança do jornal ( vídeo em inglês)

O que tenho a dizer? A defesa dos consultores de branding em relação a mudança tem que ser mais prática, vida real, o que no final do dia vai contar? Vender mais jornal na banca, o que a nova identidade permite? Que você identifique o USA rapidamente, ele é mais alegre, próximo e essas são algumas razões para acreditar.

O que a consultoria responsável  pela mudança fez? Levou na brincadeira as críticas, no melhor estilo sarcástico. Ponto para Wolff Olins, não dá para agradar sempre…


Para 2013, espero muitas mudanças de marcas, muito rebranding para nos inspirar e para eu também ter o que contar 😉

Até logo

 

Fonte: underconsideration.com | blog.wolffolins.com


Danielly Tavares
Danielly Tavares
Sou Danielly Tavares, Relações Públicas. Minha vida profissional foi da indústria de embalagens á moda, com pit-stop em marketing esportivo até chegar em Gestão de Marcas (branding). Fui trainee na Ana Couto Brading & Desing e hoje faço parte da equipe Interbrand Brasil. Acredito na liberdade, sou sentimental, curiosa, adoro tendências, por isso, também tenho o meu blog: EU VI ISSO, amo brigadeiro, Maple Syrup, Toronto, um bom livro, cinema e uma bela tarde de sono.
Acompanhe:
Todo mundo ama rebranding?

Comentários

5855