[emprego em RP] Não esta fácil pra ninguém

Aberje prepara programação especial de cursos para as férias
28 de junho de 2013
[especial cannes] Case de RP campeão!
2 de julho de 2013

[emprego em RP] Não esta fácil pra ninguém

Em épocas de prosperidade econômica (comparado com a Grécia, caso alguém pergunte rsrs), amplo acesso às universidades e taxa de desemprego em baixa, encontrar uma oportunidade de trabalho não é tarefa simples. Nas grandes capitais (como em SP), onde a quantidade de profissionais disponíveis é grande, a competitividade aumenta, as exigências também e o salário tente a se manter em níveis baixos. É assim que o capitalismo funciona: Lei da oferta e da procura.

Recentemente, no grupo “Relações Públicas” do Facebook, a Talita Gargano lançou um tópico que gerou bastante discussão. Em tom de desabafo, questionou se tinha mais gente com dificuldade de encontrar emprego na área.

O tópico gerou 55 curtidas (de pessoas que sim, concordam que está difícil de arrumar emprego na área), além de 84 comentários sobre o assunto. Após ler atentamente todos os comentários, resolvi fazer um apanhado do que vi e uma reflexão sobre o assunto.

1º passo para todo RP: Conforme-se, apesar de “Todo mundo precisar de um RP”, ninguém sabe para que ele serve…. as vezes, nem nós mesmos conseguimos explicar. Aqui no #Blogrelacoes nós te ajudamos a entender 😉

2º passo: Justamente por não entender o que fazemos, o mercado acha que não servimos para determinadas vagas. Cabe a nós deixar claro isso ao nos candidatarmos para elas, seja por meio da carta de apresentação, seja por meio dos “objetivos” elencados no CV.

3º passo

4º passo: quase Ninguém começa a carreira ganhando mais de R$ 2.500,00!!!

Faz muito tempo, e todo mundo que faz ou fez relações públicas sabe, que nós somos profissionais multitarefa. Ao mesmo tempo que isso é bom, pois podemos atuar em diferentes áreas, segmentos, e com diferentes coisas, é ruim pois precisamos aprender muito, se manter antenado e em constante atualização (o que eu, na verdade, acho muito bom). Diversificar nosso conhecimento é o principal diferencial que podemos ter na hora de pleitear uma vaga. Isso significa que sabemos mais coisas, mas também que, algumas vezes, poderemos oferecer mais do que a empresa precisa, o que pode não condizer com a remuneração oferecida.

Com tudo isso em mente temos o seguinte cenário e dicas para quem procura um emprego:

  • O que é uma vaga boa? Salário de R$ 4.000,00? R$ 5.000,00? CLT com 40 horas semanais e horário para entrar e sair? Acho que você está na área errada. Se você é recém formado conforme-se como o 4º passo (acima).
  • Existem sim, muitas vagas de estágio abertas, o que é bom, mas que demandam 483576 habilidades, algo que não deveríamos exigir de estagiários, que são profissionais em formação!
  • Faça Networking, participe de eventos, palestras, se apresente, puxe papo, mas não seja chato!
  • Faça as suas relações públicas, crie um perfil no LinkedIn, e invista em um bom Currículo que valorize suas realizações/conquistas profissionais (projetos executados e resultados).
  • Vagas de “RELAÇÕES PÚBLICAS” são elefante branco! Atente para vagas de marketing, comunicação corporativa, atendimento (sim, atendimento) e todas as demais áreas da comunicação. Entendeu o 3º passo agora? rsrs
  • Habilidades específicas ajudam e podem ser um diferencial. Illustrator, Photoshop, InDesign, WordPress, CSS, ou qualquer outra coisa voltada à web!

A chave:

  • Se você ainda está na faculdade, faça estágio!!!!! Em diferentes lugares, em diferentes áreas, em diferentes empresas, com diferentes focos e diferentes salários. Estagiar vai te ajudar a se preparar e ter as competências que as empresas buscam em profissionais na hora da contratação.
  • Se você já é formado, busque se atualizar, faça cursos (existem vários gratuitos), acompanhe as movimentações de mercado em blogs, grupos do FB, sites específicos de vagas, analise o que as vagas pedem e o que você realmente pode oferecer e o que precisa melhorar. Lembre-se, um dos fatores mais importantes na nossa área é o networking!!! Todos os empregos que consegui foram por indicação de alguém, isso conta muito!!!

Já publicamos aqui duas listas de “10 coisas que todo RP deveria fazer” (volume 1 e volume 2). Elas também podem te ajudar a se preparar melhor para concorrer às vagas.

Por fim, mantenha-se em contato com bancos de vagas e blogs específicos. Em Comunicação temos o Rede RP, Vagas em Comunicação, Trampos.co, Curriculum para Mkt e Com, PubliciJobs,

Pedro Prochno
Pedro Prochno
Sou fã das Relações Públicas*! Graduado em RP e com um MBA pela FGV, sou empreendedor na área e gerente de comunicação da Uber. Sou Pai do “relações”, Mergulhador, DJ e mto curioso! Adoro viajar, conhecer novas culturas, pessoas e formas de se ver o mundo!
Acompanhe:
[emprego em RP] Não esta fácil pra ninguém

Comentários

6749