Profissionais de comunicação gerenciando sua autoimagem nas mídias sociais

Engajamento com público interno é tema de curso na Aberje
16 de maio de 2014
Vida de RP | Relações Governamentais
21 de maio de 2014

Profissionais de comunicação gerenciando sua autoimagem nas mídias sociais

Este post foi escrito por Karina Santos Grassmann. Participe você também do #Blogrelacoes, veja como aqui!

Com a explosão das mídias sociais não é difícil ver grandes empresas cometendo gafes no mundo online, porém, às vezes, nós que somos os responsáveis por esse gerenciamento corporativo nos esquecemos de gerenciar também a nossa própria imagem na web, e com a facilidade de se manter conectado tanto pelo computador, tablet quanto pelo celular aumenta ainda mais os riscos.

Não há dúvidas, de que as redes sociais se tornaram um dos meios mais rápidos para entrar em contato com amigos, familiares e outras pessoas que queremos manter contato. Grande parte das pessoas possui pelo menos um perfil na internet. Com tamanha simplicidade, é preciso ter cuidado com a qualidade e a quantidade de informação que se coloca na rede. Afinal, tudo o que é publicado pode influenciar não só na sua vida pessoal, mas também na sua profissão.

Muito popular no Brasil, acredito eu pelo seu grau de interação, o Facebook é um dos sites de relacionamento mais utilizados também em todo o mundo. Nessa rede social você posta fotos, interage rapidamente com outros usuários, curte páginas de empresas e pessoas, recebe inúmeras informações de interesse pessoal ou profissional pela timeline. Já no caso do Linkedin o conteúdo e as interações focam as relações profissionais e chegam ate a assustar alguns usuários que criam um perfil, e tem certo receio de publicar conteúdos que podem ser mal interpretados. Porém, criar um perfil nas redes sociais não é quesito básico para impulsionar a carreira, é preciso gerenciar esse perfil e agrega-lo de forma positiva para que, por meio dele, seja possível construir uma boa imagem pessoal e profissional.

Evite, por exemplo, postar comentários maldosos sobre os seus antigos empregos, fala mal de ex-chefes por meio das mídias sociais, também não é bem visto, guarde o desabafo para uma conversa pessoal entre você e o seus amigos. Outro ponto critico nas mídias sociais, são os erros de português, na dúvida use corretor ortográfico ou não escreva, enfim, você como profissional de comunicação sabe a repercussão que uma frase negativa pode causar, é dor de cabeça com certeza!

Por outro lado, compartilhar informações relevantes sobre a sua área de atuação, manter seus dados profissionais sempre atualizados e demonstrar seu potencial de engajamento nas redes sociais são atitudes que podem ajudá-lo a conseguir um bom emprego no futuro. Boa sorte e divirta-se!

 

Karina Santos Grassmann é formada em Relações Públicas, e especialista em Administração de Empresas e Marketing, pela PUC-SP. Atualmente é gerente de projetos da agência Actual Comunicação e atua como consultora de Comunicação Corporativa. LinkedIn

 

 

 

 

 

.

Convidados RP
Convidados RP
Convidado Relações Públicas. Este post foi escrito por um convidado do #Blogrelacoes e as informações e opiniões aqui contidas não necessariamente condizem com as dos autores do Blog. Para saber mais sobre o autor do texto consulte o final do post.
Acompanhe:
Profissionais de comunicação gerenciando sua autoimagem nas mídias sociais

Comentários

7866