Ter um piso salarial é bom?

[guest post] Os desafios de uma Relações Públicas
16 de setembro de 2014
Lançamento da Revista Organicom “Memória institucional, narrativas e storytelling”
25 de setembro de 2014

Ter um piso salarial é bom?

Este post foi escrito por Thatiane Nunes Pereira. Participe você também do #Blogrelacoes, veja como aqui!

O Deputado Federal de Pernambuco Gonzaga Patriota levou a Câmara de Deputados um projeto de lei que acrescenta dispositivo à Lei nº 5.377, a fim de dispor piso salarial para os profissionais de Relações Públicas no valor de R$ 4.650,00, por uma jornada de 30 horas semanais.

A princípio parece ótimo, pois nossa profissão está crescendo, conquistando reconhecimento, e agora teremos um piso salarial como nossos colegas jornalistas e obviamente, ganharemos mais.

Entretanto, não é bem por aí. A média salarial do profissional de RP segundo uma pesquisa do DataFolha de fevereiro de 2014 é de R$ 2.795,90. Um salário como este proposto no projeto de lei não é compatível com o mercado e ameaça acabar com a categoria de Relações Públicas pelos próximos anos, vou explicar por que:

Este piso salarial é nível nacional, é complexo estipular um valor “xis” pelo alto índice de desigualdade social que temos no país. Veja este infográfico do Portal Terra que mostra o quanto as capitais brasileiras pagam por 40 horas semanais a professores da rede pública, perceba a diferença de um Estado para o outro.

Vamos falar um pouco da Lei da Oferta e Demanda. Quando o preço de um produto/serviço ofertado aumenta, sua demanda diminui. Ou seja, se aumentarem o valor do piso salarial, as empresas deixarão de contratar relações públicas. A partir daí duas coisas podem acontecer: ou faremos relações públicas com outra nomenclatura ou nossos colegas jornalistas e publicitários farão por nós. As empresas são obrigadas a pagar o valor mínimo da categoria, mas não são obrigadas a contratarem o profissional.

Lembra da PEC das domésticas? Aumentou muito o custo para ter uma empregada doméstica, as famílias optaram por terem uma diarista um ou dois dias por semana. Adivinha quem saiu prejudicado? Sim, as domésticas.

É como falarmos do salário mínimo, vários candidatos dizem que vão aumenta-lo, mas até que ponto será bom? Um salário mínimo acima do ideal aumentará o número de trabalhadores informais e de desempregados.

Afinal, ter um piso salarial é bom?

Sim, é muito bom termos um piso salarial, conseguimos garantir que profissionais não ganhem muito abaixo da média. Mas, primeiro deve ser feito um estudo para saber qual valor ideal. Nem abaixo, nem acima. Sou contra esse valor proposto, mas sou a favor de um valor ideal que não prejudique a categoria.

Acredito que seja pertinente uma discussão nos meios midiáticos, bem como, de extrema urgência, audiências públicas para discutirmos este assunto, inclusive com a participação heterogênea da sociedade e das entidades que representam nossa categoria. O legislador não pode se eximir da responsabilidade de ouvir a opinião pública, as correntes sociais e os aspectos econômicos antes de propor um projeto de lei! Eis o inicio do flagelo de nossa profissão, pois se este piso salarial for aprovado, corremos o risco de sermos uma categoria profissional à beira da extinção.

Aqui você encontra o projeto de lei completo.

[divider_flat]

Thatiane Nunes Pereira tem 19 anos, é paulistana, comunicativa, corinthiana, apaixonada por Relações Públicas e por chocolate. Graduanda em Comunicação Social, habilitação em Relações Públicas pelo Centro Universitário Escola do Comércio Álvares Penteado – Fecap. Técnica em Serviços Jurídicos pela ETEC Martin Luther King. Trabalhou na Associação Brasileira de Relações Públicas – ABRP e hoje é estagiária de BI na Agência Salve.

 

[divider_flat]

Convidados RP
Convidados RP
Convidado Relações Públicas. Este post foi escrito por um convidado do #Blogrelacoes e as informações e opiniões aqui contidas não necessariamente condizem com as dos autores do Blog. Para saber mais sobre o autor do texto consulte o final do post.
Acompanhe:
Ter um piso salarial é bom?

Comentários

8346