A assessoria de imprensa MORREU

Microrrevoluções
29 de dezembro de 2015
Autoridade será mais importante do que número de seguidores
30 de dezembro de 2015

A assessoria de imprensa MORREU

É isso mesmo. Esqueça o press releasezinho sem graça. Aliás, se for escrever aposte em mais de um, de acordo com cada tipo de mídia que você quer abordar.

Só que a menos que você tenha produtos ou serviços do  tipo Apple (inovadores, orientados para o design, etc), distribuir releases para jornalistas e veículos da forma tradicional é perda de tempo e de dinheiro.

O QUE FAZER EM 2016:

  • Busque formas inovadoras e criativas de gerar notícias. Pense nas características das suas ofertas, quem são as pessoas mais beneficiadas por elas e que tipo de mídia procuram. Foque em entregar valor com pautas para essas pessoas.
  • Fale sobre os seus produtos e serviços, mas fale principalmente dos seus feitos mais incríveis do seu negócio e das pessoas envolvidas com ele ao longo do ano.
  • Não fale “para todo mundo” e sim para as suas audiências, para aqueles jornalistas que tem mais a ver com o seu negócio. Pesquise sobre eles antes de sair “disparando” press releases.
  • Use também as redes sociais para desenvolver relacionamentos com líderes e formadores de opinião. Aposte no Linkedin 😉
  • Ao divulgar informações, torne as suas mensagens mais visuais para atrair a atenção de quem pode ajudar você a espalhar as notícias (sejam jornalistas, bloggers e, ainda, seus fãs e seguidores).

A assessoria de imprensa MORREU

Comentários

9606