Comunicação Interna: a energia do “todo mundo junto”

A mídia somos nós: tendências e percepções da nova Comunicação
17 de julho de 2016
Se conhecimento = conteúdo + sentido, a Botecada RP faz todo o sentido!
17 de julho de 2016

Comunicação Interna: a energia do “todo mundo junto”

“O que você faz, que quando faz você perde a noção do tempo?” Uma pergunta simples que Gabrielle Teco, da Eureca, fez aos participantes do Workshop Comunicação Interna, no quarto dia da RP Week. Um questionamento não tão fácil de responder e, vale destacar, que ninguém respondeu trabalhar. Mas por que não somos felizes no trabalho?

Apresentando o case da Acesso, empresa na qual trabalhou antes de embarcar na Eureca, Gabi mostrou o quão importante é a livre comunicação dentro de uma empresa, ressaltando a enorme diferença que faz estar em um ambiente em que você sinta-se em casa. Com uma campanha de metas um tanto quanto diferente, e que não existia no Brasil em 2009 – quando foi aplicada -, a Acesso instigou seus colaboradores a cumprir suas metas. Como? Simples, oferecendo à todos uma viagem de uma semana aos Estados Unidos com tudo pago pela empresa.

O resultado foi tão bom que o projeto seguiu por mais 3 anos, até que precisou se reinventar. Porém, mesmo com uma reinvenção na forma de propor o desafio de metas, elas não foram alcançadas. Foi neste momento que a Acesso percebeu que, entre outras coisas, “a mensagem sobre o que era o desafio estava desalinhada, o índice de confiança estava baixo e não havia sentimento de coletividade”. Surgiu então a campanha dentro da campanha, o “Torcida Vegas” –  o desafio era ir à Las Vegas (EUA) – que comprovou que a “energia do todo mundo junto pode ajudar muito” – as metas foram atingidas e o clima era de otimismo.

“Foi possível perceber que quando não tem o desafio na Acesso, a interação é menor.”

A Acesso é considerada uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil, segundo ranking do Great Place to Work, o que é fácil de perceber depois de ver como a empresa cuida dos seus funcionários. Mas, como lembrou Gabi “é fácil chegar lá (no ranking), difícil é se manter”. Questionada sobre outras empresas que utilizaram a mesma estratégia mas que não conseguiram atingir as metas, Gabi comenta “as culturas não estavam abertas para receber este tipo de incentivo e, arrisco-me a falar, mas as empresas que não despertarem para esse tema, muito em breve, não vão mais existir.”

“Pensem em uma ideia para motivar os seus colaboradores”

IMG_0558

 

Atividade prática lançada! 5 minutos de briefing para descobrir o problema a ser solucionado + 10 minutos de brainstorm + 10 minutos para aprofundar as ideias + 5 minutos para apresentar a ideia. Lembrando que “com um bom diagnóstico podemos montar uma boa ação.”

 

IMG_0579

 

Insights do workshop

  • Descubra o que motiva determinado grupo de pessoas
  • Tenha um ambiente em que seja permitido o erro
  • Esteja com os ouvidos abertos, o feedback mais sincero está no rádio corredor
  • Questione-se: Por que deu certo esta ação/programa/campanha?
  • Admita quando der errado
  • Faça as perguntas certas: a arte de fazer um bom diagnóstico
  • Tenha coragem para abandonar velhas fórmulas e abraçar o novo
  • O controle pelo controle não é legal: “Quando você faz o seu trabalho?” Isso não importa desde que você cumpra com suas metas. Mas esclareça o que é preciso ser feito.
  • Mas e se fizer e der errado? Deu! Agora vamos em frente.
Redação TMPRP
Redação TMPRP
Acompanhe:
Comunicação Interna: a energia do “todo mundo junto”

Comentários

10517