Live Marketing é tema na RP Week 2016

W3Haus: tudo aquilo que você sonha sobre trabalhar com digital em um só lugar
12 de julho de 2016
Pensamento integrado como fortalecedor da imagem
12 de julho de 2016

Live Marketing é tema na RP Week 2016

Na noite de ontem a RP Week foi oficialmente aberta! Alexandre Godoy, publicitário e sócio do Valen Bar 18+, brincou com a platéia e enfatizou “as marcas precisam ser mais vivas!” Mas fazer a abertura oficial de um evento de relações públicas com um publicitário? Sim, afinal, como o Alexandre Godoy comentou, “as fronteiras estão transbordando”. A linha que divide o que é trabalho de um publicitário e o que um relações públicas pode fazer já não está tão nítida.

Ao lembrar de quando entrou na universidade, em 2000, Godoy mostrou um paper que a ESPM entregava aos alunos no início do semestre com todos os contatos – com telefones residenciais – dos alunos, “era um grupo de WhatsApp dos anos 2000”. E observou: “16 anos significa uma mudança absurda na forma como a gente se relaciona”.

Relembrando sua carreira, Godoy contou que ao trabalhar como SBM (Student Brand Manager) da Red Bull, no início dos anos 2000, percebeu que “através de experiências positivas, as pessoas entendiam o que a marca gostaria de passar”. Fisgado por essa ideia, Godoy resolver criar a Mazah que “não seria uma empresa de marketing promocional e sim de live marketing, quando esse termo e modelo nem existia”.

Mas qual a diferença entre um evento de RP e o de live marketing? “O mindset, a forma de pensar, afinal a ferramenta é a mesma. Só ligar o botão e virar a chave”.

 

Afinal, o que é live marketing?

 

“É gerar uma experiência positiva na vida das pessoas, o suficiente para que elas passem isso a diante”. As empresas só falam, prometem e se comprometem, e o “live marketing é cumprimento destas promessas”.

Em um momento em que “pagamos para nos livrar de propaganda” – casos como Netflix, plataforma para assistir seriados e filmes e Spotify, aplicativo de músicas – o live marketing, como enfatizou Godoy, é uma forma sensacional de atrair as pessoas.

 

_MG_1884

 

“A marca precisa estar viva no coração e em movimento na boca das pessoas”

 

Utilizar o live marketing é fazer ativações que envolvem marcas, pessoas e ambientes, e entender estes 3 pontos é essencial. O que é isso se não RP? O live marketing não tem um formato certo nem o tipo de canal perfeito, tudo é possível!

 

Apresentando cases criados pela Mazah, Godoy mostrou que trabalhar com live marketing é muito mais trabalhoso e problemas podem surgir, como foi o caso do job feito para a Riffel, empresa que atua no mercado de motopeças e roupas de segurança? A campanha Riffel Explorer foi lançada para durar 3 meses, mas foi desvendada em apenas 10 dias.

 

CASE RIFFEL EXPLORE

 

Godoy apresentou seu mais recente negócio, a Valen Bar 18+, primeiro bar temático de erotismo no Brasil, criado em 2013 em Porto Alegre (RS), e advertiu que acreditar no seu negócio é, ao mesmo tempo, a maior virtude e o maior defeito de um empreendedor. “Apesar das dificuldades (muitas críticas antes mesmo de o bar abrir ao público) o Valen já tem 3 anos”. É preciso entender que “diante de algo novo, as pessoas vão procurar o que está mais próximo delas” e, no caso do Valen, muitos o compararam com prostituição e reclamaram que era abuso da imagem da mulher. Mas, ao olhar os valores do negócio, essa ideia está bem distante, uma das premissas é a “valorização do público feminino e respeito aos limites da mulher.”

“Tolerância ao erro, com reparação rápida do dano”, outro valor da Valen Bar 18+ e que deixa um recado aos RPs: Errou? Ok, conserta e vai em frente!

A RP Week está só começando e ainda tem vagas, inclusive para atividades free. Pode vir,  você será muito bem vindo!

Redação TMPRP
Redação TMPRP
Acompanhe:
Live Marketing é tema na RP Week 2016

Comentários

10378