O que aprendemos com o tombo de Luiza Trajano em 6 constatações

Cannes Lions agora é comandado por um brasileiro
26 de julho de 2016
Influenciadores: para que servem? Do que se alimentam?
28 de julho de 2016

O que aprendemos com o tombo de Luiza Trajano em 6 constatações

helena trajano cair faz parte

Primeiramente, vale contextualizar, rapidamente, quem é Luiza Trajano! Ela é a dona do Magazine Luiza, uma das maiores redes varejistas do Brasil. Uma de nossas maiores empreendedoras e uma das referências no mundo dos negócios.

Feitas as devidas colocações, vamos ao ocorrido no último dia 19 de Julho de 2016, data em que Luiza foi uma das selecionadas para carregar a tocha olímpica. Emocionada, infelizmente, Luiza perdeu o equilíbrio e veio a cair durante o seu trajeto. Fato esse que você consegue visualizar no Youtube, nesse vídeo a seguir, lá pelo minuto 1’03.

Ela não foi a primeira a cair na função de condutora. Outras pessoas passaram pelo mesmo. Tal fato passaria despercebido, não fosse ela uma pessoa de vulto e importância no cenário dos negócios.

Eis que a própria Luiza fez um post em seu perfil de Facebook falando que #cairfazparte e que se trata de uma alegria conseguir se levantar. Primeiro gol (1) da nossa personagem em questão.

luiza trajano

O segundo golaço (2) correu por conta da sua equipe de comunicação e marketing nas lojas que comanda, o Magazine Luiza. A equipe propôs uma super promoção usando a mesma hashtag #cairfazparte com descontos de até 70% e frete grátis. Ainda por cima, mencionaram, respeitosamente, mas com humor, a Dona Luiza, como a chamam por lá e disseram que ela estava bem.

os preços cairam

Outros gols que conseguiram fazer, na minha opinião:

  1. usaram o famoso marketing de tempo real;
  2. fizeram do limão, uma limonada usando bom humor, o tom das redes;
  3. conseguiram repercussão e visibilidade para a marca;
  4. não procuraram (nem Luiza, nem sua instituição), omitir ou abafar o fato.

Muitas vezes, é de um simples tombo que se vai dar a volta por cima. Parabéns aos envolvidos.

ODIG
ODIG
Acompanhe:
O que aprendemos com o tombo de Luiza Trajano em 6 constatações

Comentários

10674