Usando e-mail marketing para facilitar o follow up com a imprensa

Como identificar veículos especializados
4 de outubro de 2016
FIC 2016: A Revolução do Conteúdo
6 de outubro de 2016

Usando e-mail marketing para facilitar o follow up com a imprensa

Os sistemas contemporâneos de envio de e-mail marketing, como mailchimp, mailee, iagente e diversos outros, são poderosos aliados no trabalho de assessoria de imprensa.

Dependendo da sua necessidade, estes serviços podem ser usados de forma gratuita. Eles são mais interessantes do que o envio a partir da sua conta de e-mail porque permitem que você controle as aberturas das mensagens enviadas.

 

taxa de aberturas e-mail marketing

Taxa de aberturas e-mail marketing

 

Digamos que você tenha que divulgar os resultados de uma campanha de responsabilidade social. Você cria uma lista de jornalistas potencialmente interessados neste assunto e, após enviar, consegue monitorar quais desses jornalistas abriram a sua mensagem.

Monitoramento

Mais do que saber quem abriu, é possível monitorar quantas vezes cada jornalista da sua lista abriu a mensagem. Com o indicativo de quem abriu mais vezes, você pode começar a fazer o follow up com um diálogo iniciado, sabendo que a pessoa já recebeu a sua informação e, assim, facilitar o entendimento e as chances de ser publicado.

É claro que tão importante quanto enviar um e-mail, é fundamental você saber que ele interessa quem vai receber. As redações estão cada vez mais dinâmicas e enxutas. Por isso, ser criativo e enviar uma informação sucinta e clara é mais importante do que longos emails – ou o tradicional press release, idêntico para todo mundo.

Da mesma forma que você desenvolve relacionamento com os seus colegas, fornecedores, clientes e colaboradores você precisa desenvolver relacionamento com os veículos, blogs, sites etc mais importantes para o seu negócio.

Esse é um trabalho que leva tempo e envolve o desenvolvimento de confiança mútua, conquistada no trabalho de assessoria de imprensa através de envio de informações relevantes de forma coerente e consistente, de acordo com as necessidades dos repórteres e editores.

Lembre-se: você não precisa de uma lista com 100 contatos para difundir uma informação. Se você conseguir trabalhar bem 10 formadores de opinião ou influenciadores essa mensagem pode chegar muito mais longe do que você imaginava.

Portanto, daqui para a frente foque na qualidade e não no tamanho da sua lista.  E invista em sistemas de envio de email para automatizar a construção de relacionamento.

 

Quer saber mais sobre como se relacionar com as mídias digitais? Então confere a aula online e gratuita da RP School com o Celso de Souza. Para assistir basta se inscrever aqui.

Usando e-mail marketing para facilitar o follow up com a imprensa

Comentários

11070