In Press Porter Novelli: o RP que toda agência quer

Diversidade e Empatia: precisamos falar mais sobre isso
13 de julho de 2017
Estratégia e planejamento de apresentações: uso, forma e conteúdo
13 de julho de 2017

In Press Porter Novelli: o RP que toda agência quer

O workshop sobre “o RP que toda agência quer ter” trouxe a realidade das agências de RP e quais as habilidades que fazem a diferença. Duas profissionais especialistas da In Press Porter Novelli, uma das maiores agências de RP do Brasil, foram as responsáveis por esse bate papo com muito conteúdo para nós, profissionais de comunicação ingressando no mercado.

Rose Pimentel e Cibele Anjos, Diretoras da In Press Porter Novelli agência, possuem, ambas, mais de 15 anos de carreira na agência. Com vasta experiência em comunicação, compartilharam o que o mercado busca no profissional de relações públicas e o que os clientes esperam dos RPs.

Cada vez mais os profissionais de comunicação precisam ser multitarefas e estarem dispostos a se reinventar diante das constantes mudanças. As equipes das agências possuem uma diversidade de profissionais especialistas de cada segmento para construir um conjunto.

Quando você está numa agência, você é uma composição. Você não faz nada sozinho. É fundamental esse espírito de colaboração.

Todo profissional possui um rótulo. Você só precisa se sentir confortável nesse rótulo. Como comunicador, você tem suas habilidades que te destacam. E isso te torna um bom profissional em função das suas competências.

 

2 elementos principais ao pensar em qualquer estratégia para construção de reputação:

  • Conteúdo da organização/marca. ele que vai construir a reputação
  • Percepção da sociedade do conteúdo entregue pela organização

Ao contratar uma agência de RP, o cliente espera que o profissional busque entender o ambiente da organização, entender com quais os objetivos que essa empresa trabalha e entender as aspirações pessoais daqueles colaboradores que integram sua equipe.

As empresas enxergam as agências de RP como uma extensão do seu setor de comunicação, e espera que pensemos como eles, como uma extensão da própria empresa.

O papel do PR que toda agência quer ter é o de influenciar hábitos e mudar comportamentos, de que forma que haja mudanças de hábitos. E quando uma estratégia que possibilite mudanças, significa que a comunicação está no caminho certo.

Habilidades que transformam o RP:

  • ser flexível e ter jogo de cintura
  • ser curioso
  • criatividade
  • solucionador de problemas
  • conetor
  • capacidade analítica
  • agilidade
  • equilíbrio
  • racionalidade
  • expert em comunicação
  • conhecer bem o mercado
  • conhecer bem o cliente
  • desempenhar multitarefas
  • ser responsável
  • ter comprometimento

Além do perfil profissional do RP que deseja seguir carreira em agência, Rose e Cibele trouxeram o que os clientes esperam de um RP. “Todo cliente quando procura uma agência espera que o profissional cuide da sua imagem e reputação. A reputação de uma empresa representa 70% do seu valor”, apontaram.

O cliente deseja que toda essa comunicação seja feita de forma integrada e que entregue bons resultados. As empresas acreditam que que as maiores especialidades de um PR são assessoria de imprensa, digital, eventos, comunicação interna e relação com veículos.

O workshop encerrou com uma reflexão proposta pelas diretoras da In Press Porter Novelli,  para os jovens profissionais, sobre “qual a habilidade que você como profissional tem a oferecer para o mercado?” Rose apontou que a principal habilidade para os RPs é ter brilho nos olhos e amar o que faz.

Por Raíssa Grandini*

*Raíssa Grandini é bacharel em Relações Públicas e integrante do Time de Voluntários de Conteúdo da RP Week 2017.

Redação TMPRP
Redação TMPRP
Acompanhe:
In Press Porter Novelli: o RP que toda agência quer

Comentários

12199