Ações necessárias | Pense sobre o futuro

ação da panini e bruna marquezine com figurinhas do neymar jr
RP na veia: o caso Panini + Bruna Marquezine
20 de abril de 2018
Social Listening: o que é e como colocar em prática
23 de abril de 2018

Ações necessárias | Pense sobre o futuro

Pensar sobre o futuro é uma das coisas que eu mais gosto de fazer. Permite a gente sonhar, imaginar vários cenários e possibilidades diferentes e, como diz o ditado: você voa do tamanho do teu sonho… Quanto mais alto melhor!

E é justamente ao pensar sobre o futuro que a gente começa a enxergar de forma mais clara para onde queremos destinar o nosso dinheiro.

No último texto da série falamos sobre o corte de supérfluos. Essa etapa é o primeiro passo para o que estamos conversando neste 5º passo da série: escolher para onde queremos que nosso dinheiro vá. E a melhor parte é que a gente pode escolher absolutamente qualquer coisa e destinar nosso dindin pra lá: de um pão-de-queijo gourmet, até uma viagem pra Marte. A escolha é tua.

Mas como uma viagem pra Marte não parece algo tão promissor, ainda, que tal a gente conversar sobre o Plano de vida e Plano de Carreira? Eu posso te dar uma mãozinha pra isso! Vamos?

Na próxima quinta-feira, 26/04, às 20h vamos ter a segunda aula on-line desta série. Desta vez pra falar sobre plano de vida e de carreira.

Clique aqui e inscreva-se na aula on-line gratuita sobre Plano de Vida e de Carreira

E é a partir do momento em que a gente começa a definir objetivos para o futuro que a gente começa a descobrir que dinheiro não é tudo igual e nem serve para a mesma coisa. Cada dinheiro tem um valor e um nome diferente! E mais do que isso, eles precisam (ou deveriam) ficar em locais separados.

Calma, não precisa abrir mais uma conta bancária, basta criar investimentos adequados para cada um deles.

Sem desesperar: vamos por partes

Vimos que no final da sua planilha você tem a parte de “Objetivos” onde você pode dar nome para alguns dos seus dinheiros 🙂 E falamos um pouco sobre isso na primeira aula on-line.

Mas é importante lembrar que tem outros 2 dinheiros que já têm nome, e que você precisa aprender a conviver com eles pra sempre:

  • Fundo de reserva de emergência (que deve ser igual a pelo menos 3 meses de despesas – e idealmente 6 meses)
  • Aposentadoria – e se você tem uma previdência privada, bem, você já fez a coisa certa.

O teu fundo de reserva de emergência, idealmente, deve ficar longe da sua conta-corrente, e é uma grana que você não deve tocar, jamais! A não ser, claro, em uma EMERGÊNCIA. E por emergência estamos falando de você ficar sem a sua capacidade de gerar grana, ou seja: desempregadx.

Doença não é motivo pra tocar lá, uma promoção incrível, muito menos, e nem uma viagem com seus amigxs.

Isso é importante pois vai te dar tranquilidade para, caso você perca seu emprego (e bem, estamos aqui olhando pra um cenário ruim), você não precisar encostar nos seus outros dinheiros investidos! Uma coisa vai proteger a outra – e isso é planejar o futuro!

Aprenda a poupar sempre, um pouco

Quando estamos falando de grana, especialmente em ciclos econômicos não tão bons como o que temos vivido, é fundamental se planejar e puxar o cinto para não passar por grandes apertos. Poupar é um exercício que precisa ser posto em prática todos os meses, durante anos. É só assim que a gente consegue atingir alguns objetivos.

Na sua planilha, você deve ter visto que no final dela tem uma linha chamada “reservas”. Ela te mostra quanto sobrou ou faltou no mês. Ela é um ótimo balizador para você conseguir fazer o exercício de poupar. E esse exercício é complexo justamente por envolver várias frentes:

  • Fundo de reserva
  • Aposentadoria
  • Objetivos de curto prazo
  • Objetivos de médio prazo
  • Objetivos de longo prazo

Alguns economistas dizem que devemos reservar 10% do salário líquido ou 15% do salário bruto, para as nossas reservas (no mundo ideal). É isso mesmo, você deveria, em tese, assumir que você ganha entre 10 e 15% a menos todos os meses.

“Poxa, mas aí complica”. Pois é! Não estou dizendo que é fácil, mas é o mundo ideal, e a gente deveria se inspirar nele não é mesmo?

Planejar o futuro pode ser bem divertido. No começo é natural uma pequena dose de desespero… mas fique tranquilx. Com o passar dos meses e conforme você for criando o hábito de poupar, os seus planos vão começar a tomar forma, a ter um horizonte para acontecer, e atingir eles é muito recompensador.

Para fechar esse texto, uma última dica: pra manter sua grana separadinha e em caixinhas você deve colocar elas em lugares diferentes da sua conta corrente. Pode ser uma poupança (sim, calma, eu sei que esse é o pior investimento que alguém pode ter) ou em um investimento de risco 1 ou 2. Ai, mais pra frente, a gente aprender como fazer essa grana crescer 🙂

Até a nossa próxima aula!

Pedro Prochno

Está acompanhando a série Como Ganhar Dinheiro com RP? [Re]leia os posts anteriores:

Pedro Prochno
Pedro Prochno
Sou fã das Relações Públicas*! Graduado em RP e com um MBA pela FGV, sou empreendedor na área e gerente de comunicação da Uber. Sou Pai do “relações”, Mergulhador, DJ e mto curioso! Adoro viajar, conhecer novas culturas, pessoas e formas de se ver o mundo!
Acompanhe:
Ações necessárias | Pense sobre o futuro

Comentários

12733