Comece a multiplicar o seu dinheiro

Agências: é hora de falar sobre a lista “Como é trabalhar aí”
9 de maio de 2018
Integrating Africa – what role for communications?
16 de maio de 2018

Comece a multiplicar o seu dinheiro

PENÚLTIMO POST DA SÉRIE: e aí, já dá pra se sentir mais rico e financeiramente equilibrado? \o/

Muito bem! Estou muito orgulhoso que você chegou até aqui. Afinal de contas, já são 7 semanas juntos, aprendendo e praticando sobre a gestão do dinheiro, não é mesmo? Falamos de muitas e muitas coisas, inclusive de carreira e de vida pessoal.

Antes de começarmos esse post é importante lembrar que:

Este NÃO É um material com ORIENTAÇÕES de investimentos e nem se propõe a tal. Você NÃO DEVE seguir o que está escrito aqui antes de fazer uma análise de risco de investidor e de falar com uma pessoa capacitada para te orientar sobre investimentos adequados AO SEU PERFIL.

Mas, então, o que queremos com esse material? Bem, quero te mostrar uma pequena parcela do que existe no mundo lá fora quando o assunto é investimento. E mais do que isso, mostrar que qualquer pessoa, com qualquer quantia, pode investir em um monte de coisas.

Opções para fazer o seu dinheiro render

Como a gente viu alguns posts atrás, dinheiro não é tudo igual e nem deveria ficar todo no mesmo lugar. O ideal é separar ele de maneira que cada grana corresponda a cada linha de objetivo da tua planilha financeira. Investidores que tenham mais prática podem, para buscar rentabilidades maiores, juntar as granas num investimento só e dividir o valor entre os objetivos.

Uma coisa que precisa ficar clara desde já é: dinheiro na conta corrente não rende, e na poupança, MENOS AINDA! Então a gente precisa buscar formas de rentabilizar ele para duas coisas:

  1. Proteger o valor do dinheiro ao longo do tempo (basicamente fazer ele render mais do que a inflação), que é o que tira valor do dinheiro.
  2. Fazer com que ele trabalhe para você, aumentando o seu valor para além da inflação.

E investir sua grana é mais simples do que parece. O teu banco oferece algumas opções direto da conta corrente. Você pode também buscar uma corretora (do próprio banco ou outras), ou então clubes e bancos de investimento. O objetivo é não deixar dinheiro parado. Hoje existe uma outra coisa chamada “robôs de investimento”, que ficam aplicando a tua grana em lugares diferentes (baseado no teu perfil) pra buscar a maior rentabilidade possível.

Pra começar é simples: faça um teste para saber o teu perfil de investidor. Ele é uma escala de 1 a 5 e vai dar o teu grau de tolerância a risco. É com base nisso que são definidos os investimentos mais adequados para você. Teste feito, é hora de decidir se você quer investir no teu banco ou em um dos robôs, que estão sendo muito usados. Vale a pena conhecer a Magenetis (com taxa grátis) e a Verios.

Se você achar que essa aventura ainda não é pra você, tudo bem. Busque um CDB no teu banco e coloque tua grana lá (atenção com os prazos e incidência de IR) – já é um bom começo – mas busque CDBs que rendam mais do que 100% do CDI; normalmente eles estão em bancos menores.

Outra coisa que é preciso se atentar é sobre a liquidez e prazo de cada investimento. Se você tem um objetivo de 2 anos e investe em um fundo com prazo de 5 anos, vai dar problema. A mesma coisa se você precisar de grana em poucos dias e teus investimentos tiverem liquidez mensal.

Daqui pra frente, amigx investidorx, o céu é o limite 🙂

Abraços

Pedro

Quer retomar os conteúdos da série Como Ganhar Dinheiro com RP? Está tudo aqui:

Pedro Prochno
Pedro Prochno
Sou fã das Relações Públicas*! Graduado em RP e com um MBA pela FGV, sou empreendedor na área e gerente de comunicação da Uber. Sou Pai do “relações”, Mergulhador, DJ e mto curioso! Adoro viajar, conhecer novas culturas, pessoas e formas de se ver o mundo!
Acompanhe:
Comece a multiplicar o seu dinheiro

Comentários

12775