User Experience: Como a Netflix usa UX para engajar pessoas

Não deixe nunca de saber pra onde vai o seu dinheiro
17 de maio de 2018
Perfil do RP brasileiro
Estudo vai identificar o perfil do RP brasileiro da geração Y
29 de maio de 2018

User Experience: Como a Netflix usa UX para engajar pessoas

A Netflix é referência quando o assunto é User Experience (UX). Neste texto você vai entender como este processo é feito e como aplicar também no seu planejamento.

Envolver as pessoas é o desafio constante das marcas, e em uma realidade onde existe um bombardeio intenso de informações, chamar a atenção de uma forma positiva é o objetivo tão almejado. Neste contexto é que o user experience (o famoso UX) ganha força. É uma estratégia que a Netflix aplica com efetividade em suas ações e das maneiras mais diversas, mas antes de falarmos deste caso em específico, vamos entender melhor o conceito de UX, suas aplicações e seus benefícios.


Afinal, o que é user experience?

Em sua tradução literal, user experience significa “experiência do usuário”, e é ela mesmo que deve ser trabalhada, é uma prática que pode ser aplicada nas estratégias para trazer o indivíduo, enquanto usuário, ao centro das interações, com o foco em atender suas necessidades e desejos sem deixar de lado os objetivos a serem alcançados com determinado produto ou serviço.

Para simplificar, o user experience é o que você sente ao ter contato com algum tipo de produto. Por exemplo, quando se compra um computador alguns aspectos são levados em consideração: você normalmente vai analisar se o aparelho funciona corretamente, se o desempenho dele é satisfatório, se liga com rapidez, se atende as necessidades, o que o produto proporciona, qual a experiência que se tem neste contato com ele, enfim, tudo isso faz parte da experiência do usuário e envolve uma gama de questões que serão analisadas pelos profissionais responsáveis.

Outro exemplo é quando se acessa um site, se a navegabilidade é boa, se traz as informações necessárias, se ele tem um layout atrativo e atende as expectativas, a probabilidade dele ser acessado novamente é maior.


A experiência de usuário proporcionada pela Netflix

A Netflix é uma empresa que não poupa esforços para proporcionar uma boa experiência aos seus usuários, fato que resulta em seu sucesso nos últimos anos.

O serviço de streaming tem um valor mensal que é pago e a pessoa tem acesso a um catálogo enorme de filmes e séries, produções próprias da Netflix e também de outras produtoras. Em seu algoritmo conta com uma característica importante que indica a seus usuários sugestões personalizadas para cada tipo de perfil e também qual a relevância dos conteúdos para os interesses apresentados. Só nestes pontos já torna a experiência do usuário prática e pessoal, mas não é só isso, quando é preciso fazer algum contato pelo chat, a Netflix conta com colaboradores que realizam um atendimento com teor informal que buscam da melhor maneira possível e por meio de uma conversa amigável a solução para determinado assunto.

Tudo isso faz com que o engajamento seja alto e os próprios consumidores da plataforma a divulguem, fato que é observado quando se lança uma série nova e o movimento que isso resulta nas redes sociais, não é à toa que ela tem mais de 110 milhões de assinantes pagantes e vem em uma crescente para os próximos períodos.


O que é preciso para se trabalhar com user experience?

Para se trabalhar com user experience é preciso um estudo aprofundado do comportamento dos públicos, com o foco em entender a melhor maneira de alcançar seus desejos e fazer isso de uma forma que gere encantamento por parte das pessoas que ao ter contato com a marca e se sentirem envolvidas com suas ações, tornaram-se fiéis consumidores.

Para obter dados referente aos públicos, pode-se aderir ao data driven marketing, que é o marketing orientado por dados, e que pode ser útil neste processo por intermédio de suas ferramentas de captação de informações, que servirão de base para a realização de ações voltadas para o UX.

Falamos mais profundamente sobre data driven marketing neste texto, leia e fique por dentro desta estratégia que pode ser de grande colaboração para o planejamento focado na experiência do usuário.


Quais os benefício de se trabalhar com user experience?

Trabalhar com esta estratégia não é simples, mas é recompensador, pois tem vários benefícios para os negócios.

– Relacionamento com os públicos: a partir do momento que se gera uma boa experiência com os públicos, cria-se um relacionamento com eles, de forma a existir uma comunicação com uma via de mão dupla, onde existe uma colaboração por parte das pessoas que ao se sentirem parte da marca, vão divulgá-la de maneira espontânea.

– Agregar valor ao produto: quando o produto é desenvolvido totalmente voltado às ações de UX, ele ganha valor agregado, porque mais do que algo a ser comprado, ele é uma experiência a ser vivida, e isso, com certeza, é mais do que simplesmente vender algo, mas sim criar uma conexão. A experiência do usuário também diz muito a respeito sobre os detalhes, e são eles que farão toda a diferença na dinâmica de consumo, pois darão a ideia de algo personalizado e único.

– Planejamentos estruturados: com o UX será possível criar planejamentos que sejam mais efetivos, pois passam por processos de coleta de dados atrelado a estudos que darão base para as ações, o que resultará em estratégias direcionadas e que terão melhores resultados e o que também pode gerar diminuição de custos, pois o investimento será muito bem direcionado.

Vale ressaltar que o profissional de relações públicas, que tem como uma de suas principais competências encontrar maneiras efetivas para obter o conhecimento dos públicos, tem ampla capacidade em trabalhar com user experience, visto que para realizar uma boa e satisfatória experiência com o usuário, o planejamento precisa contar com uma equipe composta por pessoas que sejam observadoras, críticas, analíticas e tenham um senso de empatia muito bem apurado. Características essas que são fundamentais para um profissional de RP e, que dessa forma, pode vir a trabalhar no contexto do user experience.

Onde posso ter mais contato com user experience?

Existem alguns blogs que falam sobre o tema e que podem te ajudar e servir de inspiração para aplicação nos seus projetos. São eles:

UX Magazine
UX Movement
UX Collective BR
Inspire UX

Neste texto você compreendeu melhor sobre o conceito de user experience, suas funcionalidades e quais as melhores maneiras para se colocar em prática, afinal, é uma estratégia que pode agregar resultados consideráveis para as marcas.

Você também vai gostar de ler:

Social Listening: o que é e como colocar em prática
Nem BI, nem big data: o futuro pertence ao Design Thinking
Habilidades que transformam: seja o RP do futuro

User Experience: Como a Netflix usa UX para engajar pessoas

Comentários

12807