IGTV: a nova plataforma de vídeos do Instagram

Chatbot: como construir relacionamentos através de robôs
21 de junho de 2018
Caso Cocielo: As marcas precisam mudar o jeito de trabalhar com influenciadores
4 de julho de 2018

IGTV: a nova plataforma de vídeos do Instagram

O Instagram lançou esta semana o IGTV, uma nova aplicação que permite a postagem de vídeos mais longos, com o máximo de 10 minutos para a maioria dos usuários e vídeos de até uma hora direcionados para as contas maiores. A plataforma vem com força para competir com o YouTube no que diz respeito a atrair criadores de conteúdos originais.


A evolução e as mudanças do Instagram

No mercado desde 2010, o Instagram passou por várias mudanças e adaptações ao longo de sua existência, e não há nada de anormal nisso, afinal no mundo das tecnologias e das redes sociais tudo acontece com muita rapidez e é preciso ter dinamicidade para lidar com as situações e se adaptar à realidade vivida. A rede social que antes dava a possibilidade de se publicar vídeos curtos com apenas 15 segundos, passou a permitir até 1 minuto e, com a crescente do Snapchat, apresentou o Instagram Stories, que é a publicação de vídeos com no máximo 16 segundos de duração que ficam fixados no topo do layout do aplicativo por 24 horas e que depois desaparecem.

Com todas essas mudanças, podemos analisar que o Instagram se esforça para estar presente de forma efetiva no mercado, e com o IGTV não é diferente.

 

O IGTV

A novidade é totalmente voltada para os smartphones, visto que a disposição das imagens são exibidas apenas na vertical. Os vídeos de 10 minutos devem ter no máximo 650MB de tamanho, já os com 60 minutos, terão tamanho máximo estipulado em 5,4GB, e ambos devem estar em formato MP4.

O aplicativo, que está ligado ao Instagram, também pode ser baixado individualmente, e qualquer pessoa tem a possibilidade de criar um canal para a divulgação de seus conteúdos, com o tempo o aplicativo vai se atualizando e logo todos terão acesso à novidade.

Há também um guia, na qual os usuários podem navegar pelas últimas postagens dos canais que elas seguem, além também de um tópico com os vídeos mais populares no momento, recomendações para o perfil e uma aba ao final para continuar os vídeos que já foram assistidos. Vale ressaltar que é possível pausar, avançar ou voltar o tempo dos vídeos, que ficam armazenados como em uma timeline, bem semelhante ao que é feito no YouTube.
De início, os vídeos não serão monetizados e nem existirão anúncios, todavia os proprietários do Instagram devem criar uma maneira de compartilhar a renda de publicidade com os criadores em breve, o que tornará a opção ainda mais atraente aos produtores de conteúdo e influenciadores.

 

Objetivos do IGTV

Após oito anos de existência, juntamente com o anúncio do IGTV, o Instagram divulgou que chegou a marca de 1 bilhão de usuários, e em todo este contexto concluímos que o aplicativo busca se tornar mais que uma rede social, mas também uma plataforma que forneça variados tipos de conteúdo, ampliando seu ramo de negócio.

E mais do que uma competição com as outras plataformas já existentes, o IGTV vem para ser mais uma alternativa para os criadores de conteúdo que agora estarão ainda mais próximos de seus seguidores. Essa proximidade já vinha sendo construída e amadurecida por meio do Instagram Stories, e agora será mais intensificada com a nova aplicação, visto que as pessoas buscam cada vez mais a humanização e a construção natural dos relacionamentos.

O YouTube passou por um processo de ascensão nos últimos anos, basta observar a quantidade de pessoas que ficaram “famosas” por intermédio da plataforma, por outro lado, estes mesmos influenciadores que um dia alcançaram bons resultados, observaram uma baixa grande em relação à visualizações, alcance e, consequentemente, monetização. Este fato fez eles pensarem em outros meios que pudessem divulgar seus trabalhos, exemplo disso foi a criação de uma plataforma própria desenvolvida por um dos YouTubers com mais inscritos do Brasil, Felipe Neto, que descontente com o que vinha acompanhando na plataforma de vídeos do Google, optou por criar o seu próprio aplicativo. Enfim, foi neste momento que o Instagram também se tornou uma vantajosa alternativa, e agora com o IGTV, essa perspectiva de mercado se torna ainda maior.

 

O papel dos profissionais de comunicação

Como profissionais de comunicação devemos buscar entender a fundo essa nova aplicação, principalmente aqueles que trabalham na área de social media. De primeiro momento, é válido pegar referências de quem já está usando a plataforma e agregar o que é bom para criar estratégias que sejam efetivas e direcionadas para o público que acompanhará o canal no IGTV. É uma oportunidade super interessante para divulgação das marcas e empresas, mas como toda e qualquer ação, é necessário um planejamento com objetivos e públicos bem identificados, porque por mais que a novidade exija naturalidade e espontaneidade, é preciso cautela para a realização das publicações.

 

Você também vai gostar de ler:

Influenciadores: conheça a Youzz, plataforma de gestão de influência para marcas nascida em Portugal
Chatbot: como construir relacionamentos através de robôs
Experiência de marca: o que as RP têm a ver com isso e o que tudo isso tem a ver com mídias sociais?

IGTV: a nova plataforma de vídeos do Instagram

Comentários

12903