Influenciadores: conheça a Youzz, plataforma de gestão de influência para marcas nascida em Portugal

RP WEEKend: tudo o que você precisa saber!
1 de junho de 2018
Conheça a iniciativa da ThoughtWorks na qualificação e inclusão racial na indústria da tecnologia
11 de junho de 2018

Influenciadores: conheça a Youzz, plataforma de gestão de influência para marcas nascida em Portugal

Salvador Cunha  fala sobre a importância dos influenciadores nas estratégias de comunicação.

Os influenciadores digitais vêm ganhando cada vez mais espaço em relação às marcas. Isso se deve ao poder de interferência que eles têm na decisão de consumo das pessoas que os acompanham, sejam eles considerados pequenos ou grandes em número de seguidores.O que importa é o engajamento que resultará da divulgação feita.

Neste contexto, entrevistamos em Lisboa o fundador da Lift Consulting, Salvador Cunha, que recentemente criou também a Youzz. Salvador é o grande nome do mercado de Relações Públicas em Portugal, e sua agência é responsável pelo lançamento de grandes marcas no país. Foi o caso, por exemplo, do Rock in Rio em Lisboa. A Lift é responsável por todo o relacionamento com imprensa e influenciadores desde a primeira edição do evento, em 2004. No ano passado, Salvador foi jurado de PR no Festival Internacional de Cannes Lions.

A Youzz tem sua origem em Portugal, mas vem ampliando seu trabalho para outros países. É uma plataforma digital para a criação de conteúdos e gestão da conexão entre os influenciadores e as marcas na divulgação de produtos.

Salvador nos contou sobre o funcionamento do trabalho de seleção dos influenciadores que farão parte das ações, além de dar alguns insights sobre o mercado de Relações Públicas em Portugal e no Brasil.

BLOG RP: A Youzz foi criada por vocês, mas ela também pode prestar serviço para outras empresas de comunicação?

SALVADOR: Pode sim. É uma startup, uma plataforma de internet onde você pode escolher influenciadores para trabalhar em uma ação com algum tipo de produto. E o importante é que não são necessariamente os influenciadores com milhares de seguidores, mas sim aqueles que vão conseguir atingir o público desejado efetivamente.

BLOG RP: Como a pessoa contrata por meio da Youzz?

SALVADOR: A Youzz tem um site onde estão os nossos contatos para contratar. Nosso trabalho acontece, por exemplo, com o lançamento de um produto: um novo sabor da Nespresso quando é lançado, nós distribuímos uma certa quantidade de máquinas e produtos para os influenciadores que terão alguns dias para usufruir da experiência.

Todo este processo é feito automaticamente, fazemos uma enquete com quem quer participar e selecionamos 200 que tem maior engajamento e taxa de audiência. Após esta seleção, enviamos o produto que chega até o influenciador que faz a propaganda. E isso pode ser feito com vinho, shampoo e variados tipos de produtos.

A partir do momento que o produto é distribuído, inicia-se a divulgação de conteúdos sobre ele. Os conteúdos também são todos produzidos por nós e podem chegar a cerca de 50 a 60 mil posts por cada ação.

BLOG RP: Empresas de qualquer porte podem adquirir os serviços da Youzz?
SALVADOR: Sim, o critério para contratar a Youzz é ter produtos que as pessoas gostem e que precisem de mais divulgação.

BLOG RP: Em quais países a Youzz está presente?
SALVADOR: Na Espanha estamos há 3 anos e é onde a Youzz está mais forte – até mesmo do que de Portugal, além de estar também com atuação no Reino Unido. E no futuro pensamos em investir no Brasil novamente.

BLOG RP: Como profissional de relações públicas, dono de agência e conhecendo os profissionais do Brasil, quais as diferenças que você vê entre os dois países na atuação em comunicação?

SALVADOR: Vejo que no Brasil, em muitas agências, muitas vezes o assessor de atendimento não está incluído no processo de decisão. Nós aqui temos muitos consultores que tem que tomar decisões, são muitos mais consultores estratégicos dos nossos clientes e muito menos assessores de atendimento. No entanto, vale ressaltar que o Brasil é o maior mercado do mundo de Relações Públicas depois dos Estados Unidos, além de ter uma cultura que vem se sustentando há mais de 100 anos e é muito enraizada, o que em Portugal não existia há 30 anos.

BLOG RP: Mudando de campo de influência, indo para o governo. Quando acontece o public affairs em Portugal?SALVADOR: É uma atividade ainda pouca desenvolvida e os empresários não entendem que pode trazer muitas coisas positivas para a organização. Nós fazemos da maneira tradicional europeia que é muito habituada ao lobby antigo, que aliás foi legalizado recentemente no Brasil. Acredito que logo o Lobby será legalizado aqui também, o que será muito bom, pois vai conscientizar às empresas que elas não perdem nada dando seus pontos de vista aos governantes que vão analisar esses posicionamentos para aplicar nas decisões, o que ainda não acontece atualmente.

BLOG RP: Como o mercado e as empresas veem as Relações Públicas em Portugal?
SALVADOR: As empresas procuram e entendem, mas eu particularmente acho que as Relações Públicas precisam se reinventar, por isso incluímos em nossos serviços toda a parte digital e de content marketing, por exemplo. Apesar disso, algumas vezes os clientes não entendem que ser encontrado na internet hoje em dia é muito importante e isso a essência das Relações Públicas na era digital.

BLOG RP: Você tem uma característica de buscar referência muitos lugares. A sua equipe também é multicultural?
SALVADOR: Sim, não é uma premissa, pois eu valorizo sempre pelo mérito: seja do jeito que quiser ser, desde que seja bom. Eu circulo muito e tenho amigos no mercado de comunicação em todo o mundo e na Lift temos também abertura para profissionais de outros países.

 

Você também vai gostar de ler:

Influenciadores: para que servem? Do que se alimentam?
Influenciador digital e a mídia espontânea
Fábio Prado fala sobre gestão de mídia e da dicas de como reter a atenção das pessoas nas redes sociais

Influenciadores: conheça a Youzz, plataforma de gestão de influência para marcas nascida em Portugal

Comentários

12865