A voz invade o Twitter

Muito além dos reclames do plim plim
14 de fevereiro de 2011
O ex #1 do Google, seus planos e a comunicação
26 de fevereiro de 2011

A voz invade o Twitter

O Twitter nasceu e ficou muito tempo no anonimato, depois de alguns longos anos virou um BOOM, lá em meados de 2007/08. As pessoas começaram a participar da rede mesmo sem saber muito bem como usar a plataforma. Escrever mensagens em 140 caracteres era (e ainda é) um desafio para muitos.

A plataforma se popularizou bastante no Brasil e EUA, em outros países seu crescimento foi menor. Passou por mudanças, altos e baixos. Baleou muito, ajudou nos protestos contra as eleições no Iran e, recentemente, no Egito. Sua mudança mais radical foi o novo layout que ganhou em 2010. O #newtwitter mudou a forma de apresentar o conteúdo na página, na mesma época chegaram também os tweets e TTs patrocinados. Alguns especialistas dizem que 2011 é o último ano do Twitter, que a coisa, daqui pra frente, vai embora de vez…. É algo a se observar. Verdade que seu uso caiu bastante nos últimos meses. Defende-se que isto aconteceu principalmente em função do rollout de seu novo layout.

Menino_twitter

Alguns serviços que trazem funcionalidades diferentes para o Twitter também foram criados mas, em minha opinião, este universo ainda foi pouco explorado. O TwitLonger foi um dos primeiros a aparecer. Com ele é possível quebrar a barreira dos 140 caracteres, mas sem fugir do texto. O QIK, recentemente adquirido pelo Skype, permitiu que os usuários façam livestreaming direto do celular. A novidade mais “diferente” que surgiu, porém foi o “voice-to-social-media” service. Sim, levar voz ao Twitter.

Mais do que escrever além dos 140 caracteres ou de divulgar um “vídeo”, estes serviços possibilitam a propagação de conteúdo (assim como se propõe a plataforma) porém por voz ao invés de texto. Os primeiros serviços deste tipo também surgiram em 2010 e ajudaram muito a divulgar ao mundo o que acontecia no Iran e no Egito.

Aqui no Brasil o serviço chega de maneira diferenciada pela Nextel, primeira operadora de telefonia a fazer algo do tipo. Hoje o serviço PushtoTweet, ainda exclusivo para o Brasil, sai do “beta”. Por ele, os donos de Nextel poderão publicar mensagens de até um minuto no twitter apenas apertando o botão do rádio de seu aparelho.

O Blog relações conversou por e-mail com Tiago Galli, Diretor de Produtos e Serviços da Nextel Brasil sobre este novo serviço. A principal questão foi o pq da operadora, que ainda sofre na popularização do uso da web por meio de seus aparelhos em função da tecnologia que adota, qual permite a comunicação por rádio, incentivar o uso da voz e não apenas do twitter por texto, maneira como foi concebido.

Galli diz que “A postagem de voz no Twitter é mais uma opção para o usuário se comunicar e permite expressar emoções que muitas vezes não conseguimos passar em um texto. Imagine um artista, um cantor, por exemplo, postando o refrão de uma nova música de trabalho aos seus seguidores em primeira mão? Ou então um jornalista postando uma declaração de um entrevistado importante? São usos diferenciados que só o áudio permite. Além disso, a agilidade no compartilhamento da informação acaba sendo maior com a voz.”.

Este pra mim é o primeiro grande serviço da operadora que aproxima as redes sociais do tipo de tecnologia adotado pela empresa. Vale ressaltar que recentemente a Nextel comprou bandas da rede 3G. Com isto abre-se uma nova frente para popularizar o uso do Nextel ainda mais, principalmente ao juntar o uso do rádio e da rede mais rápida para transferência de dados. Galli disse que a Nextel está ainda em negociação com os fabricantes de aparelhos e atuando com parceiros para o desenvolvimento de uma tecnologia que permita a utilização do serviço de rádio digital em aparelhos 3G e que o objetivo será lançar produtos e serviços inovadores.

Enquanto estas mudanças não chegam, vale a pena testar o novo serviço que promete agilizar a comunicação e troca de mensagens (mais humanas) no Twitter. O assinante Nextel deve acessar a página www.pushtotweet.com.br e fazer um cadastro. Após verificada a compatibilidade do aparelho, basta vincular a conta do Twitter e sair usando! Para você que tem Nextel, veja o convite do Tiago aqui, teste o serviço e depois deixe sua opinião pra sabermos como foi!

Pedro Prochno
Pedro Prochno
Sou fã das Relações Públicas*! Graduado em RP e com um MBA pela FGV, sou empreendedor na área e gerente de comunicação da Uber. Sou Pai do “relações”, Mergulhador, DJ e mto curioso! Adoro viajar, conhecer novas culturas, pessoas e formas de se ver o mundo!
Acompanhe:
A voz invade o Twitter

Comentários

1296