Os equívocos ao lidar com a imprensa

O desafio dos Editores
1 de janeiro de 2016
3 dicas imperdíveis para manter uma boa relação com a mídia
1 de janeiro de 2016

Os equívocos ao lidar com a imprensa

Na ânsia por conseguir emplacar uma pauta na mídia para atender a pressão por resultado, muitas vezes imposta pelos nossos clientes, acabamos por cometer alguns equívocos na hora de nos relacionarmos com a imprensa.  Esses descuidos acabam por jogar contra nosso sucesso e podem afetar o desempenho de uma grande pauta. Então fique de olho nestas dicas valiosas que compartilhamos com você:

Equívoco 1: ignorar a mídia especializada

Erro: Pensar que mais pessoas acompanham, lêem ou assistem os principais canais ou veículos de comunicação, então eu não deveria perder meu tempo com pequenas publicações ou revistas especializadas.

Sim, seu conteúdo publicado nos veículos ou meios de maior audiência vai atrair uma maior atenção.

Mas você quer que as pessoas certas leiam e interajam com seu conteúdo, certo?! Independente da quantidade, publicações em veículos especializados tem mais impacto e qualidade do que publicar nos grandes e tradicionais meios. Afinal de contas, têm leitores que são leais, envolvidos e interessados no conteúdo de uma publicação altamente segmentada. Isso significa que você vai se relacionar diretamente com o seu público de interesse, aumentando  o engajamento, estreitando o vínculo com ele e melhorando a reputação da empresa ou marca que você trabalha.

Dica: Descubra quem é, ou quais são, as personas (ou públicos) com os quais sua empresa/marca se relaciona. Ao conhecer melhor eles, seu perfil, gostos e preferências, você poderá entregar conteúdo de maior relevância e na mídia em que ela mais interage e confia.

Confira este texto de como identificar veículos especializados.

 

Equívoco 2: enviar seu conteúdo de forma massiva

Erro: Para ter a melhor chance do conteúdo ser aproveitado, devo enviar meu artigo a cada publicação que eu gostaria que fosse publicado.

Não “atire para qualquer lado”, enviando o mesmo artigo para várias mídia. Este é um modelo ultrapassado usado para comunicados de imprensa e informes. Atualmente, essa estratégia de distribuição de informação não tem lugar na relação com os influenciadores. Sem falar que servirá como um spam, indigno de confiança, o que prejudica o seu relacionamento e com o tempo pode “minar” sua credibilidade.

Cada publicação é diferente, com leitores únicos, diretrizes editoriais e processos de aprovação particulares. Para aumentar suas chances, você tem que criar conteúdo original e exclusivo orientado para aquele veículo de acordo com linha editorial e seu público.

Dica: Construa seu material tendo como foco o editor e veículo que você pretende impactar. Fale a língua dele e não esqueça, às vezes uma ligação vale mais que um release se seu conteúdo for realmente interessante para o editor.

Equívoco 3: tenho que receber feedback do editor

Erro: Se um editor rejeita minha sugestão de pauta, por exemplo, tenho o direito de receber o feedback para que eu possa melhorar e tente novamente.

Mesmo quando você opta por publicações de nicho com alta qualidade e um conteúdo original, ainda há uma chance de que o editor rejeite seu material. Quando isso acontece, a maioria acredita que o editor deve fornecer razões específicas e justificar ou dar um feedback dos motivos que o levaram a tomar essa decisão. Isso seria perfeito, um mundo ideal, mas não é a realidade da maioria dos veículos de comunicação.

O tempo de um editor é valioso – e muito limitado. Por isso não terá condições para sentar e escrever todos os motivos e critérios de cada sugestão que lhe é enviada. Muitas vezes, vão simplesmente ver o material e determinar se encaixa dentro da grade editorial atual, analisando o que está em andamento, o que precisa para publicar primeiro, e o que deve ser publicado em uma data posterior. Só conteúdos extremamente relevantes, atuais e críveis obtém uma atenção especial.

Dica: a mídia é pautada pelo momento, veja o que está acontecendo no mundo e veja como assuntos de outras editorias podem afetar positivamente ou negativamente sua pauta.

É importante sempre nos colocarmos no lugar e imaginar se eu, na função e posicionamento dele, selecionaria o material. Faça esse exercício e tente adaptar seu conteúdo ao “olhar” dele.

Observe se você está cometendo algum desses equívocos, sempre e tempo de refletirmos e ajustarmos os pontos para obtermos ainda mais sucesso no trabalho que realizamos.

_______

Estas dicas para você refletir sobre como está construindo e mantendo seu relacionamento com a imprensa, fazem parte do curso Assessoria de Imprensa Morreu, na RP School, com o Prof. Celso de Souza.

RP School
RP School
A escola da Todo Mundo Precisa de um RP.
Acompanhe:
Os equívocos ao lidar com a imprensa

Comentários

11083