Habilidades que Transformam – RP Talk #7

Você olha para a diversidade com empatia?
16 de julho de 2017
Eventos: participe do “Evente-se, você em movimento”
23 de agosto de 2017

Habilidades que Transformam – RP Talk #7

Habilidades-que-transformam

O tema da RP Week #4, “Habilidades que transformam”,  não foi escolhido por acaso. Para encontrar o seu espaço no mercado de trabalho, o profissional de Relações Públicas precisa buscar por habilidades (conhecimentos) atualizados capazes de gerar ainda mais valor na execução de ações e estratégias de RP. Precisamos estar preparados! E foi neste espírito que Guilherme Alf encerrou a RP Week, com uma talk inspiradora. Separamos alguns aprendizados para inspirar você também, no caminho da descoberta de quais habilidades você precisa para se destacar no mercado de RP:

 

Valorize o Networking

Para você ser um profissional que faz a diferença na sua empresa e para trilhar uma carreira de sucesso, você precisa dedicar esforços ao seu networking (rede de contatos). Conecte-se com pessoas que você admira e se inspira, seja pelas redes sociais ou em eventos, pois grande parte do empreendedorismo e das oportunidades de trabalho, dependem de relacionamento. Às vezes, parece que algumas pessoas são inacessíveis, no entanto, Alf destaca que é preciso fazer as conexões certas dentre todas as pessoas que você conhece.

 

Esqueça as pessoas inalcançáveis

Para fundamentar essa abordagem, Alf relembrou a Teoria dos 6 Graus, que defende que cada indivíduo no mundo está a seis graus de qualquer outra pessoa. Seis pessoas que você conhece, podem te levar à alguém que parece inalcançável! Essa Teoria não garante que você vai fechar negócio ou que essa pessoa vai ouvir você, mas sim, que você pode criar suas próprias oportunidades e trabalhar muito para que se concretizem. Ao se apresentar ou expor suas ideias, seja claro, objetivo, ousado e tenha argumentos fundamentados: isso o tornará diferenciado em suas atitudes.

 

Explore o Storytelling

Se você trabalha com comunicação, aprenda a contar boas histórias! De nada valerá uma rede de relacionamentos qualificada ou uma campanha belíssima de publicidade, se você não souber encantar, engajar, emocionar e sensibilizar as pessoas. Conheça o perfil do seu público, estude o comportamento dele, saiba quais são suas ambições, vontades e anseios e, então, organize todas essas informações para vender seu produto ou serviço. Os Relações Públicas precisam aprender a contar histórias melhores. As pessoas são cada vez mais bombardeadas com informações e repudiam anúncios invasivos/interruptivos. Ao planejar sua presença de marca ou até mesmo quando estiver vendendo um produto, pare e pense no todo ao seu redor. Seja estratégico e foque no propósito que você está entregando, pois você pode vender maquiagem ou empoderamento feminino: a decisão está em suas mãos.

 

Compartilhe Conhecimento

Não tenha medo de expor suas ideias, mas saiba que, em um primeiro momento, elas não serão as melhores e, portanto, precisam ser lapidadas. Abasteça-se de conhecimento, compartilhe, conecte-se e abasteça-se de um novo conhecimento. É um ciclo vicioso e eterno, dificilmente algo é estável ou imutável. Converse com as pessoas e entenda que relacionamento é diferente de realizações, mas quanto mais relacionamentos você fizer, mais oportunidades você terá.

 

Invista na sua carreira

Você sabia que apenas 10% das pessoas estão dispostas a investir na própria carreira? Esse investimento está relacionado a tempo e dinheiro, pois somos comunicadores e precisamos estar atentos às inovações e transformações que ocorrem o tempo todo ao nosso redor. Profissionais multidisciplinares são cada vez mais requisitados, conforme Pedro Prochno destacou no workshop de Construção de Carreira, mas para isso é preciso estar informado e desenvolver as competências necessárias. Estabeleça seus objetivos profissionais e crie estratégias para atingi-los. Todo mês, determine metas e planeje suas ações, como por exemplo, ir a eventos. Você deve receber uma série de convites, aprenda a dizer “sim”, mesmo que você não precise, pois sempre há algo novo a aprender e pode ser que alguém precise da sua presença simplesmente por prestígio. Seja solícito e engajado em alguma causa que não necessariamente lhe dê retorno financeiro porque a sociedade precisa de microrrevoluções.

 

Faça conexões emocionais

O mundo está em constante transformação e é nosso papel social e profissional desenvolver a empatia nesse contexto. Desafie-se pelo menos uma vez por semana a se colocar no lugar de alguém, tentando compreender como é, de fato, estar no lugar dessa pessoa e vivenciar suas dificuldades. Ao longo da RP Week, Alf destacou pessoas que cruzaram o seu caminho, especialmente na Mesa Redonda de Diversidade, que o fizeram refletir e se tornar uma pessoa mais humana.

 

A palestra do Guilherme Alf foi um chamado à plateia da RP Talk para enxergar as pessoas além do que elas transparecem e mais do que isso, a respeitar as diferenças como um dever que fazemos à sociedade e não como um favor. As empresas e principalmente, os profissionais de Relações Públicas, precisam se colocar à disposição para debater e implantar a diversidade nas organizações. A empatia é uma moeda valiosa em tempos de mudança!

Thais Gonçalves
Thais Gonçalves
Acompanhe:
Habilidades que Transformam – RP Talk #7

Comentários

12289