CONFERP revoga decisão sobre abertura do registro de RP

A geração que está fazendo a revolução do sofá acontecer
20 de setembro de 2012
Lançamento do ebook gratuito “Curadoria Digital e o campo da Comunicação”
24 de setembro de 2012

CONFERP revoga decisão sobre abertura do registro de RP

19 dias após publicar a Portaria 124/12, que instituia o Grupo de Trabalho (GT) para propor o início do processo de abertura do registro profissional de Relações Públicas, o Conselho Federal de Relações Públicas (CONFERP) decidiu revogar sua decisão.

A justificativa para tal medida é que apesar da consulta ter sido conduzida, e de dois documentos terem colhido e apresentado as opiniões dos participantes sobre o processo de abertura, ainda assim estes materiais não são suficientes para a tomada de uma decisão segura e apoiada pela maioria da classe.

Em carta assinada pela Diretoria Executiva (DirEx) e publicada no site do Conselho, os dirigentes apresentam dois pontos que merecem destaque.

1- Diante do atual cenário, entendem que uma adequação ao ordenamento atual é  cobrada por parte dos profissionais e só com mudanças coerentes as Relações Públicas conseguiriam continuar o seu processo de crescimento de mercado. Aí declaram:

Entretanto, não é assim que profissionais que representam liderança na categoria, pensam, esperam ou desejam. São as vozes da categoria indicando que não é o momento das mudanças propostas e que ainda há muito o que se discutir e debater.

2- Em seguida declaram que a própria classe, que demanda tais mudanças, demandou também a parada e retomada do debate sobre o processo, ou seja, o CONFERP cumpriu o seu papel.

A resistência a essa inovação não está mais, portanto, relacionada ao atraso ou inércia do Sistema, mas associada a grupos de profissionais que não compreendem a situação com vistas a real condição da profissão no mercado.

Vale a pena ler a integra da carta da DirEx sobre esta decisão, bem como as justificativas e motivos que levaram a tal decisão expostas pela Portaria 126/12 que “revoga  o GT”.

Apesar de “cutucar” os profissionais contrários à decisão, particularmente concordo que muitos destes não leram ou se embasaram sobre o que foi colhido na consulta.

Como apresentei no post da semana passada, “A área de Relações Públicas está mudando“, acho que a flexibilização para o registro de profissionais pós-graduados é muito válida, mas as demais precisam de mais debate e mais estudo para fazermos algo adequado e coerente com a realidade que temos e com o que queremos para a área.

Pedro Prochno
Pedro Prochno
Sou fã das Relações Públicas*! Graduado em RP e com um MBA pela FGV, sou empreendedor na área e gerente de comunicação da Uber. Sou Pai do “relações”, Mergulhador, DJ e mto curioso! Adoro viajar, conhecer novas culturas, pessoas e formas de se ver o mundo!
Acompanhe:
CONFERP revoga decisão sobre abertura do registro de RP

Comentários

5437