O diploma de RP é apenas o começo da sua carreira

Lions Innovation: Notícias fresquinhas de Cannes 2017
22 de fevereiro de 2017
Uma portuguesa no blog RP
3 de março de 2017

O diploma de RP é apenas o começo da sua carreira

Pois é! Sinto lhe informar, mas diploma de Relações Públicas não garante emprego, nem estabilidade e muito menos uma carreira de sucesso. E é muito importante aprender a lidar com isso.

O diploma é parte fundamental do processo de construção da carreira de um bom RP. Mas ele é apenas o começo e a menor parte. E não me entenda errado, mas diploma nenhum é garantia bom profissional ou carreira de sucesso – e nem registro como CONRERP, CREA, CRM, OAB. Nada disso.

Segundo especialistas, o que vai te diferenciar é a tua experiência, as tuas habilidades de relações públicas e a tua bagagem de vida. E eu concordo e acredito muito nisso, até porque a gente sabe que ainda existe uma distância relevante entre o que é ensinado na academia e o que é demandado pelo mercado de trabalho.

RP é uma profissão que exige prática, habilidades e principalmente “feeling“.

Prática e habilidades

Para mim, estas duas coisas andam juntas. Se você desenvolve habilidades, adquire prática e, praticando, você aprimora ainda mais as suas habilidades. Este pequeno ciclo é um dos principais fatores de sucesso para alguém na área de Comunicação.

E a boa notícia é que é relativamente fácil você conseguir práticas e habilidades. A primeira você consegue em um estágio (muito importante para um RP). Colocar a mão na massa e aprender coisas básicas mas muito importantes e que vão lhe diferenciar lá na frente.

Já a segunda, habilidades, você também consegue ao fazer um estágio, mas aqui abrem-se algumas possibilidades: você pode ser voluntário em comunicação para algum lugar e adquirir habilidades com o tempo, mas também pode adquiri-las por meio de cursos complementares, especialmente aqueles que levam para a teoria a prática do dia a dia, com profissionais que fazem o que estão ensinando, todos os dias. A RP School é assim.

Feeling

Aqui, amigx, é só com o tempo e com tentativa e erro. Você vai aprendendo e criando calos. E quanto mais calos você tem, melhor é o seu feeling para certas coisas. Portanto, não adianta querer ser o melhor RP do mundo logo nos primeiros 5 anos de formado. Não é assim que funciona. Leva tempo, leva paciência, leva prática, leva habilidades e principalmente, calos.

O diploma é o começo da jornada. Não se apegue tanto à ele para ambicionar uma carreira de sucesso. Ele é fundamental, importante, mas parte de um processo maior e não é nem nunca foi garantia de nada. Continue sempre aprendendo, exercitando e faminto por conhecimento novo.

Pedro Prochno

Pedro Prochno
Pedro Prochno
Sou fã das Relações Públicas*! Graduado em RP e com um MBA pela FGV, sou empreendedor na área e gerente de comunicação de uma start-up norte americana. Sou Pai do “relações”, Mergulhador, D, versátil e MTO curioso! Adoro viajar, conhecer novas culturas, pessoas e formas de se ver o mundo!
Acompanhe:
O diploma de RP é apenas o começo da sua carreira

Comentários

11502